Palmeiras terá treinos por videoconferência durante pandemia

Por Estadão Conteúdo

O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, explicou nesta segunda-feira como o time vai retomar as atividades durante a pandemia do novo coronavírus. Em vídeo divulgado nas redes sociais do clube, o treinador afirmou que os jogadores vão continuar a trabalhar dentro de casa, porém vão seguir as instruções transmitidas ao vivo por um membro da comissão técnica do clube. Os atletas também deverão utilizar um celular para registrar em tempo real que estão treinando.

Luxemburgo disse que o elenco vai realizar as atividades nesta semana todos os dias a partir das 10 horas. "Nós vamos na casa dos jogadores, até onde eles estão, e vamos fazer um treinamento ministrado para eles por um profissional, fazendo a demonstração daquilo que eles têm de fazer", disse. O elenco estava de férias coletivas até 30 de abril, mas agora terá de cumprir este trabalho à distância, uma espécie de "ensino à distância".

LEIA MAIS:
São Paulo abre seleção para professores atuarem no ensino online
Igualdade de salários entre gêneros é negada na seleção dos EUA

"É uma novidade, algo que conseguimos criar para que o Palmeiras não pudesse deixar de treinar. Usar a criatividade e a estrutura do clube a favor é fundamental neste momento", afirmou o técnico Luxemburgo afirmou que o Palmeiras vai utilizar a tecnologia existente na TV institucional do clube para fazer com que um profissional possa transmitir em tempo real a demonstração da atividade que precisa ser feita pelos jogadores.

O treinador afirmou que desde a paralisação das atividades, em março, a comissão técnica e os jogadores têm se comunicado com frequência com o auxílio de tecnologia. Ao longo desse período, o clube negociou a redução salarial de 25% para os meses de maio e junho, assim como vai alterar o regime de pagamento dos direitos de imagem. Os valores de abril serão divididos entre os meses de agosto e dezembro de 2020, enquanto os de maio serão distribuídos entre janeiro e junho do ano que vem.

O técnico do Palmeiras disse que até o momento o clube não tem a previsão de quando voltará a treinar na Academia de Futebol. "Pela decisão do presidente do Palmeiras, o Maurício Galiotte, só vamos voltar no dia em que os órgãos públicos de saúde liberarem. Enquanto isso vamos usar a inteligência e a estrutura do clube. A partir do momento que liberarem a gente, nós voltaremos", comentou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo