Pessoas estão tendo sonhos iguais durante a pandemia e aqui está a explicação científica

Por Nathalia Marques

Nas redes sociais não é difícil encontrar pessoas dizendo que estão sonhando muito e percebem que estão tendo sonhos iguais durante a pandemia. De fato, especialistas acreditam que o coronavírus está impactando os sonhos da população. Inclusive, fazendo que haja sonhos coletivos.

O professor Deirdre Barrett, de Harvard, apresentou, em entrevista a Associated Press, sua pesquisa sobre o assunto. Ele analisou 6.000 amostras de sonhos de cerca de 2.400 pessoas durante a atual pandemia.

O profissional constatou que o vírus tem um efeito psicológico forte e que transcende a cultura, a linguagem e as fronteiras. Os sonhos mais comuns encontrados na pesquisa são de pessoas achando que tem o vírus. Além disso, há muitos sonhos com insetos, bruxas, vermes rastejantes e gafanhotos.

Os profissionais de saúde também foram analisados e constatou-se que eles também são afetados durante o sonho. "Eles são parecidos com uma população de trauma. Estão tendo pesadelos que reencenam as coisas que estão experimentando. Em quase todos, o tema é que eles são responsáveis por salvar a vida de alguém e não estão conseguindo", explica o professor.

Loading...
Revisa el siguiente artículo