Covid-19: Futebol na Argentina só volta em 2021, diz AFA

Por Estadão Conteúdo

Assim com já foi definido em alguns países da Europa – casos de França, Bélgica e Holanda -, a temporada do futebol na Argentina está encerrada por conta da pandemia do novo coronavírus. Claudio Tapia, presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA, na sigla em espanhol), confirmou o encerramento da temporada de futebol na Argentina e revelou que estão definidos os clubes classificados para a Copa Libertadores e Copa Sul-Americana de 2021.

Tapia ainda apontou que não terá rebaixamento na atual temporada e nem na próxima temporada (2020/2021). Os classificados para a Libertadores são: Boca Juniors, River Plate, Racing e Argentinos Juniors. Para a Sul-Americana: Vélez Sarsfield, San Lorenzo, Newell's Old Boys, Talleres, Defensa Y Justicia e Lanús.

"Na reunião de Comitê Executivo desta segunda-feira deu-se por finalizado a temporada 2020. As classificações para Libertadores e Sul-Americana serão fechadas pela tabela atual da competição. Ficam abertas algumas partidas da Copa da Superliga e da Copa Argentina, que só serão disputadas quando o Ministério da Saúde permitir", disse o presidente.

LEIA MAIS:
Após adiamento, Comitê levanta possibilidade de cancelar Jogos Olímpicos
Estações da CPTM terão caixas eletrônicos

Nesta terça-feira, em comunicado oficial, a AFA ressalta que o futebol só será retomado no país quando for possível ter público nos estádios. "Não há indicação de que validamente nos permita arriscar uma data na qual o governo permita o desenvolvimento de competições esportivas com a presença de público, uma condição indispensável para a AFA retomar com o programação de seus torneios (…) Será difícil retomar as competições antes do segundo semestre do corrente ano", afirmou um trecho da nota.

Assim, os jogos da Libertadores e da Sul-Americana envolvendo clubes argentinos podem ser comprometidos, fazendo com que as duas competições continentais também tenham que ser revistas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo