Ainda não há medicamento para a covid-19

Por Metro Jornal

O comando da OMS (Organização Mundial de Saúde) afirmou nesta segunda-feira não haver ainda medicamento ou terapia comprovados contra a covid-19. Em entrevista a jornalistas, autoridades da entidade lembraram que há estudos preliminares apontando que alguns remédios podem ser úteis contra o novo vírus, mas destacaram que ainda não está estabelecido exatamente em que quantidades, para quais casos específicos e em que contextos eles podem ser utilizados.

A OMS defendeu a importância de que esses estudos continuem, mas lembrou que não se obteve uma resposta padronizada para a covid-19 já avalizada. Segundo a entidade, alguns países podem permitir o chamado “uso por compaixão” de remédios não totalmente testados para casos individuais, mas defendeu que não se encoraje o uso disseminado de medicamentos ainda não comprovados.

Algumas autoridades, entre elas o presidente Jair Bolsonaro e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, têm mencionado a cloroquina como um possível remédio para a doença. A OMS insistiu na importância da realização do maior número possível de testes para mapear o problema e isolar os casos confirmados.

Loading...
Revisa el siguiente artículo