São Paulo amplia capacidade de testes para diagnóstico de coronavírus

Por Metro Jornal

Em coletiva nesta segunda-feira (23), o governador João Doria (PSDB) divulgou novas medidas de combate ao novo coronavírus. Ao lado do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), o líder do executivo paulista anunciou um plano de ação para aumentar o número de exames no estado.

A partir de quarta-feira (25), o governo prevê a realização de mil testes por dia para o coronavírus – com ampliação gradual para dois mil testes. “Testar, testar e testar. Essa é a orientação da Organização Mundial de Saúde”, disse Doria.

Veja também:
Prefeitura de SP avalia internar pacientes de coronavírus em hotéis
Coronavírus: os cuidados ao fazer compras em mercados

A Rede Corona de Testes irá integrar 17 laboratórios da USP (Universidade de São Paulo) e conta com o apoio do Instituto Butantan. Ainda de acordo com o governador, cinco hospitais da capital vão receber centros de triagem:

• Instituto de Infectologia Emilio Ribas, na zona oeste
• Conjunto Hospitalar Mandaqui, na zona norte
• Hospital Geral de Vila Penteado, na zona norte
• Hospital Ipiranga, na zona sul
• Hospital Central de Guaianases, na zona leste

De acordo com o prefeito Bruno Covas, a cidade de São Paulo já fez quase 15 mil testes de coronavírus. Mais 100 mil testes foram adquiridos pela capital e devem chegar na semana que vem.

Em todo o Estado de São Paulo, são 631 casos confirmados da doença, com 22 óbitos e 61 pacientes internados em tratamento intensivo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo