Governo de São Paulo entrega 38 leitos de UTI no Hospital das Clínicas

Por Estadão Conteúdo

O governo de São Paulo entregou 38 novos leitos de UTI no Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo).

A gestão do governador João Doria (PSDB) disse que eles estão totalmente equipados para receber pacientes diagnosticados com o novo coronavírus, o que poderá ocorrer a partir dos próximos dias. O 11º andar do Instituto Central agora conta com 75 leitos destinados ao combate à doença.

Veja também:
Governo publica MP que autoriza suspensão de contratos de trabalho por 4 meses
Coronavírus: Brasil tem 1.620 casos confirmados de covid-19; 25 morreram

"Com a entrega de hoje, os 200 novos leitos de UTI já estarão funcionando a partir da próxima sexta-feira, dia 27 de março. Depois poderemos ter ainda mais 50 a 100 novos leitos de UTI aqui no Hospital das Clínicas", afirmou Doria, segundo nota divulgada pela administração estadual.

O governo explicou que a UTI possui leitos com isolamento de contato e respiratório com pressão negativa, suporte ventilatório de última geração, técnicas de cuidados para pacientes críticos e dependentes de múltiplas especialidades.

Todos os pacientes deverão ser encaminhados pela Secretaria de Estado da Saúde. "É preciso reforçar a orientação para que a população não procure diretamente o Hospital das Clínicas da FMUSP, uma unidade de alta complexidade", esclareceu o governo.

"A Secretaria de Estado da Saúde está dando todo o apoio para equipamentos e contratação de pessoal para que essas novas unidades ofereçam o melhor para nossa população", afirmou o secretário José Henrique Germann.

A preparação para a crise por parte do Hospital das Clínicas ocorre desde janeiro, quando foi instalado um comitê específico para lidar com a chegada de pacientes graves.

Loading...
Revisa el siguiente artículo