Coronavírus: há 4 grupos de pacientes e cada um apresenta determinados sintomas

Por Nathalia Marques

John Wilson, presidente eleito do Royal Australasian College of Physicians e médico respiratório, afirmou ao Jornal The Guardian que é possível dividir as pacientes com coronavírus em quatro categorias e que cada grupo reage de uma maneira distinta ao vírus.

Não apresentam sintomas

De acordo com o especialista, há os menos graves. Eles são definidos como "subclínicas", pois têm o vírus, mas não apresentam sintomas.

Apresentam sintomas leves

O especialista explica que outro grupo é dos pacientes que sofrem de uma infecção no trato respiratório superior. "Significa que uma pessoa tem febre e tosse e talvez sintomas mais leves, como dor de cabeça ou conjuntivite", explica. Ele ainda ressalta que "as pessoas com sintomas menores ainda são capazes de transmitir o vírus, mas podem não estar cientes disso".

Sintomas de uma gripe

De acordo com o médico, o maior grupo de quem testa positivo para o coronavírus é o das pessoas que apresentam sintomas de uma gripe. O grupo tem maior probabilidade de precisar ir ao hospital.

Sintomas de pneumonia

Wilson enfatiza que esse grupo apresenta uma doença grave com sintomas de pneumonia. "Em Wuhan, descobriu-se que, daqueles que deram resultados positivos e procuraram ajuda médica, cerca de 6% tiveram uma doença grave", comenta.

LEIA TAMBÉM: Estudo chinês revela qual tipo sanguíneo é mais vulnerável ao coronavírus

Neonazistas planejam usar coronavírus como arma biológica nos Estados Unidos

Loading...
Revisa el siguiente artículo