SPTrans adota atendimento online para evitar filas

Por Metro com Agência Brasil

A SPTrans (São Paulo Transporte) decidiu consolidar o serviço de agendamento on-line como medida de prevenção contra o novo coronavírus, para evitar a formação de filas e controlar o fluxo de pessoas.

Com a mudança, a partir desta quinta-feira (19), todos os atendimentos presenciais no posto central serão feitos mediante pré-agendamento em ambiente virtual ou por telefone.

Para efetuar a marcação de horário, o usuário deve acessar o site da SPTrans ou o aplicativo CittaMobi, disponível para smartphones e tablets. O usuário deverá chegar ao local dez minutos antes do horário marcado e apresentar aos atendentes o protocolo que o sistema irá emitir quando efetuar a marcação.

Veja também:
São Paulo vai seguir com 100% da frota de ônibus e trens, diz secretário
Cidades do ABC Paulista suspendem transporte público a partir do dia 29

No primeiro acesso, o usuário deve selecionar a seção “Ainda não tem uma conta? Cadastre-se” e preencher os campos obrigatórios, como nome, RG, CPF, e-mail, data de nascimento e telefone.

A partir da próxima segunda-feira (23), a marcação também será necessária para os atendimentos das unidades que funcionam nas subprefeituras. O procedimento deverá ser feito pelo site ou aplicativo.

Para as subprefeituras, há outra opção para efetuar agendamento: o telefone 156, do Descomplica SP. Como este programa abrange somente as subprefeituras do Butantã, Campo Limpo, Jabaquara, Penha, São Mateus e São Miguel, os atendimentos para esses locais poderão ser marcados através do canal telefônico.

Os horários disponíveis para agendamento são de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30. Haverá uma tolerância de atraso de dez minutos. Caso o usuário falte, será necessária nova marcação.

Suspensão de meia tarifa para estudantes

Também a partir da próxima segunda-feira (23), fica suspensa a venda de meia tarifa para estudantes. A medida tem como respaldo o Decreto Nº 59.283, de 16 de Março de 2020, que determina a interrupção gradual das aulas na rede pública municipal de ensino.

A SPTrans também suspendeu o envio de cartões de Bilhete Único Estudante para as escolas, tendo em vista que ficarão fechadas pelos próximos dias.

De acordo com a assessoria de imprensa da SPTrans, a cota de gratuidade de abril não será gerada, mas a cota que já foi disponibilizada e carregada no cartão poderá ser usada normalmente. Ou seja, tanto para a gratuidade quanto para a meia tarifa, os créditos já carregados no cartão continuam disponíveis para os estudantes.

Bilhete Único Especial PCD

A SPTrans definiu ainda que todos os cartões de Bilhete Único Especial PCD, para pessoas com deficiência, com data de validade a partir de 23 de março serão revalidados automaticamente por até 90 dias. Com isso, evita-se que tenham que comparecer presencialmente a um posto de atendimento.

Passageiros idosos

Em nota, a empresa defende que o passageiro idoso evite se dirigir aos postos de atendimento, uma vez que fazem parte do grupo de risco do novo coronavírus.

Em razão disso, outra providência tomada pela SPTrans é permitir que usuários idosos tratem de questões referentes ao Bilhete Único Especial Idoso pelo e-mail: [email protected]

Através dele, poderão, inclusive, apresentar justificativa após bloqueio do cartão.

Caso o passageiro idoso deseje solicitar a primeira via do cartão, deverá anexar foto, documento de identificação oficial com foto (RG, CNH), CPF, comprovante do local de sua residência com no máximo 6 meses, com CEP (conta de luz, água, telefone) e informar o número de telefone para contato.

Após o envio da documentação, deve aguardar o recebimento do cartão pelo correio, que ocorre dentro de um prazo de 20 dias.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo