Chile decreta estado de exceção; país poderá ter toque de recolher e militares nas ruas

Por Metro Jornal

Sebastián Piñera, presidente do Chile, anunciou novas medidas para o coronavírus, depois que os casos aumentaram para 238 no país. O presidente decretou um estado de exceção por catástrofe por 90 dias.

"Este estado de exceção visa antecipar e preparar-nos para as etapas que surgem nesta pandemia", afirmou o presidente. Entre as medidas estão: restrição de reuniões em espaços públicos para evitar multidões, estabelecer quarentenas ou toque de recolher, ditar medidas para a proteção de serviços de utilidade pública e limitar o trânsito ou a locomoção de pessoas.

"Esse estado de catástrofe também permite uma colaboração valiosa e necessária de nossas forças armadas para enfrentar melhor a crise e estabelece a nomeação de chefes de defesa nacional, que assumirão o comando da ordem pública e das forças de segurança nas respectivas áreas, ser capaz de garantir a ordem pública, de reparar ou prevenir os danos ou perigos que a segurança nacional possa enfrentar ", afirmou.

Fonte: Publimetro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo