Dança das cadeiras

Por fabiosaraiva

rose-guglielminetti colunistaCom a eleição de dois vereadores – Luiz Lauro Filho e Roberto Alves – para a Câmara Federal haverá mudanças na Câmara de Vereadores de Campinas. E voltarão para ocupar as duas cadeiras são ex-vereadores derrotados nas urnas nas eleições de 2012. No lugar de Roberto Alves, voltará Luiz Yabiku (PDT), que já adiantou que vai conciliar o mandato de vereador com o de agente fiscal da Secretaria do Estado da Fazenda. “A gente aprende mais com a derrota do que com as vitórias”, disse ele, referindo-se ao fato de ter se dedicado exclusivamente à vereança por 12 anos e mesmo assim ter sido rejeitado pelo eleitor.

Já a substituição de Luiz Lauro Filho está mais complicada. Em seu lugar deve entrar o atual presidente da Sanasa, Arly de Lara Rômeo, primeiro suplente. Só que Arly disse que quem vai decidir se ele deve ficar como presidente ou vereador é o prefeito Jonas Donizette (PSB). Bom, Jonas, por sua vez, disse que Arly deve assumir a vaga para não perder a cadeira, mas se vai continuar sentado nela é uma decisão futura. “Que ele vai ter de assumir, já está decidido. Mas se irá ficar ainda está muito cedo para definirmos”, disse. Caso Arly fique na condução da empresa municipal, quem vai para o lugar é o ex-vereador Jota Silva (PSB). E a tendência é de que esse arranjo seja confirmado. Jota Silva é amigo de Jonas e, como o prefeito, também consolidou uma carreira no rádio.

Quem deve voltar é a vereadora Neusa do São João, que se licenciou do cargo, mas foi derrotada nas urnas ao postular um cargo de deputada estadual.

Rose Guglielminetti escreve no Metro Jornal de Campinas

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo