Não a Cuba

Por fabiosaraiva

rose-guglielminettiO vereador de Campinas Marcos Bernadelli (PSDB) quer anular os acordos bilaterais do Brasil com países como Bolívia, República de Angola, Venezuela e Cuba. O fato é que ele quer que a Justiça Federal cancele o empréstimo de R$ 2 bi do governo federal a Cuba.

O tucano sustenta na ação que impetrou que a presidente Dilma Rousseff deveria ter autorização do Congresso Nacional para assinar o tratado, o que, segundo ele, não ocorreu. Portanto, o acordo estaria irregular.

Não é de hoje que a disputa entre os tucanos e petistas de Campinas tem subido o tom. Os vereadores, que deveriam priorizar o debate nos temas da cidade – não que seja proibido discutir o cenário nacional –, têm se atacado, mostrando as falhas dos líderes do PT e do PSDB.

Sósia do Hélio

Campinas passou a ter na Câmara de Vereadores o sósia do ex-prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT), cassado por corrupção. Com um rosto muito parecido com o de Dr. Hélio, o professor Ronaldo (PCdoB), ex-diretor do DPJ (Departamento de Parques e Jardins), tomou posse ontem e fez o juramento. Em seu discurso, escrito, o novo vereador disse que não iria trair o povo campineiro. Falou do seu passado pobre e ressaltou os dois cursos universitários.

Os parlamentares, claro, usaram a tribuna para dar as boas-vindas ao novo colega. Ronaldo foi empossado como suplente no lugar de Gustavo Petta (PCdoB), que tomou posse como deputado federal no lugar de João Paulo Cunha, condenado do mensalão que renunciou ao mandato.

Rose Guglielminetti escreve no Metro Jornal de Campinas


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo