A Dilma lançou o plano latinha!

Por Carolina Santos

Pânico colunista Bom dia, caros e inflacionados leitores! Está no ar o Pânico no Jornal!

PIADA DO DIA!  Um deputado disse pro outro:
“Vamos tomar alguma coisa?” “Vamos, de quem?”

ELEIÇÕES 2014! CONTINUA O EMBATE DILMA X AÉCIO. Doleiro X Mineiro!  E só uma pergunta básica: quando vai acabar essa guerra? Isso já virou briga de classe social! Motoboy x Playboy! Nordeste X Sudeste!

E no Facebook tudo virou culpa da Dilma!  Propina na Petrobras? Culpa da Dilma.  Inflação? Culpa da Dilma.  Epidemia de ebola? Culpa da Dilma. Meu marido brochou? Culpa da Dilma! Só falta a mulher dizer: “Na hora agá você pensou na Dilma e brochou!? Então vou votar no Aécio!” TUDO AGORA É CULPA DA DILMA???

E olha essa notícia: “Índice de rejeição ao PT duplica em dois anos.” Como disse o meu sogro: “Eu só voto no PT se a Angelina Jolie largar o Brad Pitt pra ficar comigo.”

E eu só voto no PT se o Juscelino ressuscitar, a Ponte Preta for campeã e o Maluf virar honesto!

MAS A GRANDE DERROTA DO PT FOI O SUPLICY! PERDER PRO SERRA É DEMAIS! Sugestão pro Suplicy: “Perdeu pro Serra? Então enSERRA a carreira!” Vai fazer serenata na casa da Dilma!!!

E por falar em tortura, sabe quais são as três piores coisas da vida? Dor de dente, cerveja quente e Dilma presidente.  E as três melhores? Mulher pelada, cerveja gelada e Dilma aposentada.

Aliás,  perguntaram pro Aécio se ele sabia a diferença entre o FHC e a Dilma.  EU SEI!  A diferença é que o FHC lançou o Plano Real. E a Dilma lançou o Plano Latinha: lá tinha uma loja, lá tinha um restaurante, lá tinha uma indústria…

PRA TERMINAR! PENSAMENTO DO DIA: “Tem homem que ama tanto sua mulher que para não gastá-la, prefere usar a dos outros.”

É VERDADE! EU SOU ASSIM! Eu adoro a minha mulher, mas como a vizinha todo dia pra não gastar a patroa. Não é traição, é economia! Hahahaha!

POR HOJE É SÓ! Ciro Botelho e Bernardo Penteado! Os Colunáticos!

Twitter: @ciraobotelho/@bernardpenteado

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo