Não te dão desconto à vista? Então vá de genérico, oras!

Por fabiosaraiva

marcos-silvestrePaixão na vida amorosa. Bem que a mãe de Mariazinha a alertou: “Quando for casar, minha filha, procure uma rapaz respeitoso, amoroso e trabalhador. Alto ou baixo, gordo ou magro, rico ou pobre, isto é o de menos.” Mas conselho de mãe existe para ser ignorado… Mariazinha encanou com o Juquinha. Tinha pretendentes bem melhores, mas ninguém servia para ela, só o Juquinha. Cioso disso, o rapaz se aproveitou desta irracional predileção e fez a moça sofrer um bocado até conseguir arrastá-lo ao altar.

 

Paixão na vida de consumidor. Então você quer muito uma determinada calça da moda. Tudo bem, que mal há em andar bem vestido? Mas daí você diz que só vale se for especificamente daquele modelo assim-assado. E tem de ser preta. Ah, sim: também tem de ser exclusivamente daquela grife, comprada naquele shopping! Bem… você encanou com “aquela” calça! Só um probleminha: a loja está pedindo “os olhos da cara” e não dá desconto à vista. Você chora, ajoelha mas… “nesta aqui não dá para tirar nada!”.

 

Então paga, uai! Em sua vida de consumo, a dinâmica da paixão é a mesma: encanou, pagou o preço! Sempre que encasquetar com um produto específico, de uma certa marca, comprado especificamente naquela loja, daquele centro de compras específico, terá de pagar o quanto lhe pedem. Pior: se não lhe derem desconto à vista, você terá de engolir o preço cheio, porque a vantagem financeira de parcelar é ridiculamente pequena, e várias “parcelinhas” amontoadas atrapalham muito o controle do orçamento.

 

Quer desconto? Este jogo pode ser bem diferente para quem estiver disposto a comprar um produto “genérico”. Não estou falando de genérico de segunda categoria, não! Estou sugerindo que, antes de sair pesquisando preços, você defina em termos gerais o que realmente quer: uma calça mais ou menos assim, que pode ser de tais e tais cores, que também pode ser desta, daquela ou daquela outra grife (talvez até sem grife!), e que pode ser comprada onde for, desde de que lhe façam o menor preço à vista.

 

Genérico! Toda vez que estiver procurando um produto genérico de qualidade, seu leque de opções de compra se ampliará, dando-lhe condições de comparar diferentes ofertas. Você fatalmente encontrará algo que lhe agradará bastante, pelo menor preço à vista! Em tempo: no segundo casamento Mariazinha soube ser flexível e escolheu-se “um bom genérico”: ela e Joãozinho estão casados (e felizes!) até hoje.

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo