Não comprou os presentes de Natal? Ainda dá tempo!

Por Carolina Santos

marcos-silvestreAos 45 do segundo tempo! Estamos há poucos dias do Natal e você ainda não teve tempo de comprar todos os presentes… Muita calma nesta hora: você não foi o único que ainda não resolveu este assunto, mas a situação é reversível! Existe, sim, um jeito inteligente de realizar suas compras em cima da hora sem gastar muito tempo, nem empatar tanto dinheiro. Ao invés de pegar a carteira, a bolsa, e sair correndo para as lojas, invista meia hora em um bom planejamento das compras de última hora.

 

Ordem… e progresso! Organize seus potenciais presenteáveis (ainda sem presentes) em três listas: 1ª) pessoas com quem você irá passar a noite de Natal; 2ª) outras pessoas importantes, gente que você deseja presentear, mas que não estarão em sua companhia para dividir o peru da ceia; 3ª) os colegas do trabalho, da faculdade, enfim, a galera em geral. Este tipo de ordenação irá agilizar muito o “processo”.

 

Presentes gêmeos. Coloque as três listas lado a lado e procure identificar quem de uma lista poderá ganhar um presente idêntico a uma pessoa de outra lista, sem ficar sabendo que ganhou presente repetido. Agindo assim você irá reagrupar suas três listas originais em novas listas, agora rearranjadas por tipos de presentes a serem dados a tais e tais pessoas. Ao invés de ficar esquentando a cabeça com o que irá comprar para cada um, você abusará da praticidade montando “lotes de presentes”.

 

Trigêmeos… ou mais! Comprando seus presentes em lotes tudo ficará mais fácil e poderá inclusive lhe sair mais barato. Assim, deverão ganhar exatamente o mesmo frasco de perfume: sua irmã, uma tia querida, a amigona vizinha de porta, aquela professora do coração e sua colega de trabalho mais achegada. Poderão ganhar a mesma camisa verde: seu pai, aquele seu primo predileto que mora no interior, seu chefe (se ele for um cara bacana, é lógico) e o zelador do prédio (que te quebra um galhão!).

 

Truque do bem. Nenhuma destas pessoas ficará sabendo que outra ganhou presente idêntico. Talvez esse não seja um jeito muito – digamos assim – “romântico” de presentear. Agora: é prático e irá salvar sua pele antes do apito final do Papai Noel! E o truque pode acabar lhe salvando também uma graninha. Como você irá comprar de quantidade, não terá de rodar por aí queimando combustível à toa, e poderá batalhar um descontinho, ou então chorar por algum brinde que também sirva como presentinho, oras!

 

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo