São oito!

Por fabiosaraiva

junior-brasil-colunistaUm abraço meus amigos! São muitas as maravilhas do mundo e sei que você pode até ter a sua preferida. Algumas pessoas amam a Torre Eiffel e outras idolatram o paraíso de Fernando de Noronha. Das sete maravilhas do mundo antigo, a Pirâmide de Quéops pode ser a sua preferida. Como todo bom brasileiro, das maravilhas do mundo moderno, o Cristo Redentor deve ser a que você mais gosta. Eu fico com a Muralha da China e quero ir lá um dia.

Sei de uma maravilha que está aqui, ao nosso lado e ainda não teve a devida valorização. É algo sensacional e quase indescritível. Uns tentam destruir e, infelizmente, nossas autoridades pouco contribuem para o reconhecimento desta maravilha. Bandidos travestidos de torcedores jogam bombas, atiram e brigam manchando essa maravilha, mas se você não conhece, tente conhecer. Falo do maior clássico do futebol brasileiro: Cruzeiro e Atlético ou Atlético e Cruzeiro.

As autoridades tentam diminuir a grandiosidade deste espetáculo. Não permitem que os táxis levem as pessoas pela pista do MOVE; proíbem os motoristas de estacionarem seus carros em torno do maior teatro que temos, no caso, o Mineirão; não colocam o número de policiais necessários para que tudo transcorra da melhor forma; não oferecem uma boa segurança nas ruas; não fazem revistas competentes nas pessoas, de modo a evitarem a entrada das bombas no estádio; judiam do espectador; não permitem um tanto de festividades paralelas e, por fim, o torcedor gasta mais do que pode para ir ao clássico. Espero que isso mude e o bom senso toque o coração das autoridades. Será?

Falando do ultimo, por sinal, um dos melhores já vistos. Foi sensacional e o Atlético venceu por errar menos. A equipe adotou uma estratégia que a fez aproveitar os equívocos do adversário. Correu riscos, mas a vitória precisa ser valorizada. Já o líder do Brasileiro atacou muito e errou na hora de finalizar. Cometeu vacilos e pagou caro por isso. O técnico Marcelo Oliveira avaliou mal, apostou em Borges e pagou um alto preço. Moreno não estava bem, mas ele se movimenta muito, diferente do Borges. O Atlético lutou e não se entregou, sendo premiado com o gol no final. No fim, o Atlético está mais vivo do que nunca e briga pelo G4. Já o Cruzeiro, mesmo perdendo, manteve a diferença para o São Paulo, que também perdeu. Valeu muito e pode ter certeza, o clássico é a oitava maravilha do mundo!

Junior Brasil é comentarista esportivo da rádio Itatiaia e da TV Band Minas, professor universitário, mestre em administração e cobriu a Copa do Mundo da África. Escreve no Metro Jornal de Belo Horizonte

Loading...
Revisa el siguiente artículo