Conspiração

Por fabiosaraiva

junior-brasil belo horizonteO papo agora é o Atlético, Marrocos e o Mundial. O momento parece conspirar para a conquista alvinegra. Sabe quando os sinais e os fatos se mostram favoráveis? Aquela coisa de estar escrito? Acredito ser este o caso do Galo nesta competição. Depois da conquista da Libertadores de uma forma extraordinária, o torcedor está confiante na conquista do mundo. A competição continental foi mágica, inesquecível. Quem sabe o Mundial pode ser a conclusão desta emblemática trajetória? Perguntas que são prontamente respondidas pelo torcedor com a famosa frase: “Eu acredito”!

O Bayern perdeu dois jogadores importantes: primeiro o polivalente Schweinsteiger e, recentemente, o velocista Robben. Mesmo com um super elenco, eles podem fazer falta. Contudo, opções não faltam ao treinador Pep Guardiola. Não é a tôa que o time alemão é considerado o melhor do mundo, pelo menos por enquanto. Já o adversário do Atlético na semifinal é o Raja Casablanca. A equipe africana passou pelo Monterrey, mas deve a classficação ao goleiro Askri. O cara pegou tudo que podia e evitou a derrota. O Raja é muito limitado, joga fechado e nos contra-ataques. Tem a força do conjunto, mas a técnica é muito inferior, se for comparado ao time mineiro. Se der a lógica, o Galo pode até golear, mas em uma decisão tudo é diferente e, por isso, cautela e respeito devem entrar em campo.

Na quarta-feira é a estreia do time de Ronaldinho, e é normal a ansiedade compor o cenário e ser até um obstáculo. Não deve ser fácil mesmo, afinal o mundo inteiro vai estar de olho nos confrontos. E tudo isso ocorre quando a imprensa brasileira finalmente acordou para enxergar a bola que Diego Tardelli tem jogado. Quanto ao gênio R10, não tem como imaginar uma Seleção Brasileira sem ele. Com tanta convocação equivocada, penso que ele seria titular na Copa do Mundo de 2014. Ainda tem tempo para o treinador do Brasil acordar, pelo menos eu espero. Toda a sorte do mundo para Cuca e seus comandados!

Enquanto isso, no Brasil, o Cruzeiro dispensou Paulão, que teve um bom início mas acabou se perdendo. E contratou o paraguaio Samudio. Uma ótima, pois a lateral-esquerda precisava de mais força. O cara joga muito. É a diretoria celeste pensando grande.

Valeu!

Junior Brasil é comentarista esportivo da rádio Itatiaia e da TV Band Minas, professor universitário, mestre em administração e cobriu a Copa do Mundo da África. Escreve no Metro Jornal de Belo Horizonte

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo