Doria vem aí...

Por José Luiz Datena

Neste domingo fizemos o Canal Livre com o Doria. Disse que tinha se reunido com o governador Geraldo Alckmin ontem mesmo e o assunto era focar as ações do seu partido contra uma possível frente de extremos nas eleições presidenciais. Lula à esquerda, Bolsonaro à direita.

Os tucanos apostam no equilíbrio. Falta combinar com o eleitor e, claro, administrar vaidades. Mas claro que se o prefeito de São Paulo –que disse não deixar o partido em nenhum cenário– sair candidato, é um páreo duro no debate. Tem firmeza no que fala e parece estar mais maleável com sua própria conduta.

Admite que errou ao viajar muito e pretende focar mais na prefeitura da maior cidade do país. Acha que não é força alternativa e diz que Luciano Huck, sim, seria marinheiro de primeira viagem: nem filiado a partidos é.

Continua centrando fogo em Lula, a quem chama de ladrão, mas acha que será candidato e respeita o ex-presidente num debate aberto pela facilidade de discurso e convencimento do eleitorado.

Acha que o Brasil tem que reforçar suas fronteiras para defender questões de segurança pública nas grandes cidades, mas seu foco seria a criação de mais empregos.

Claro que democraticamente ninguém é unanimidade. Tem quem gosta ou não, mas uma coisa é verdade clara: Doria está aí e  quem começou com 3% e levou a eleição no primeiro turno nunca pode ser subestimado para qualquer cargo que dispute. Os dados estão lançados!

Loading...
Revisa el siguiente artículo