Galera também joga

Por Tercio Braga

jose-carlos-araujo-colunista-garotinhoMais do que nunca, o Flamengo precisa do grito da sua torcida no jogão de logo mais. Porque o mata-mata acaba se transformando num grande jogo de 180 minutos. Friamente, o Atlético-MG é o favorito por ter um elenco superior e atravessar uma melhor fase. Mas, como se trata de futebol, nem sempre a lógica funciona.

Não concordo com os que defendem a tese de que o 2º jogo em casa é uma vantagem. Tudo depende do que acontecer no primeiro jogo. Está lembrado do Fluminense, que ganhou do América-RN, em Natal, por 3 a 0? Veio decidir em casa … e dançou.

O Vanderlei sabe que seu time é limitado mas, se vencer por diferença de dois gols ou mais, pode ir confiante ao Mineirão. Caso contrário, fica difícil. Por isso, é preciso que a galera jogue junto e “mate” o Galo.

Agora não é mais segredo. O compromisso do Luxa com o Flamengo é verbal, sem nada assinado. Foi aí que me lembrei do saudoso Telê Santana. Para ele, a palavra valia mais do que qualquer documento. E foi assim que ficou por 5 anos no São Paulo, chegando a conquistar o Mundial de clubes. No caso do Luxa, faltou assinatura muito mais por falta de acordo financeiro. A verdade é que se o Fla chegou até aqui, se deve mais ao treinador do que à qualidade do elenco.

Se João Saldanha fosse vivo estaria em cólicas ao ler a cartilha do Dunga, a ser distribuída aos jogadores. O João -– com quem trabalhei durante muitos anos – sempre afirmava que não estava convocando jogadores para casar com sua filha. Tinha é que jogar bola. Já Seleção atual…

Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro, falou outro dia que estão acabando com a base do futebol brasileiro. Tem toda razão. Os jovens estão nas mãos dos empresários. E com o aval das entidades, a começar pela CBF. A Copa São Paulo de Juniores e a Copa BH não passam de vitrines para os empresários verem o que há de novo na praça.

Em época de pesquisas, não custa lembrar o trabalho que a Federação do Rio vem fazendo em defesa do futebol carioca. Além de discutir os principais problemas, lista o que faz o torcedor se afastar dos estádios : 1) Violência; 2) Preço dos ingressos; 3) Segurança; 4) Horário dos jogos. Falta conciliar os interesses.

José Carlos Araújo escreve às quartas-feiras. É também locutor da Transamérica FM.

Loading...
Revisa el siguiente artículo