Incentivo

Por fabiosaraiva
coluna Marcelo Guedes

Marcas procuram incentivar a cultura, investir no esporte e no social. Para traduzir esse interesse das empresas pelas atividades culturais, esportivas e sociais a coluna conversa com Marcelo Guedes, diretor de marketing da farmacêutica Apsen.

Por que investir em projetos culturais?
O primeiro ponto é falar diretamente com o seu púbico. Transformar a estratégia numa plataforma de comunicação para incentivar a cultura. O consumidor reconhece e devolve esse entendimento com a marca. É mais do que uma relação de compra, porque desejamos participar de bons momentos na vida do consumidor. O nosso foco é na saúde e acreditamos que cultura também é saúde – algo muito mais valioso do que a relação de compra e venda.  Por isso, o apoio e engajamento do próprio consumidor reflete que existe um valor além do produto.

Qual o retorno desse apoio?
É possível mensurar os resultados desse relacionamento. Um incentivo como esse volta para a marca em termos de reputação. Existem projetos cruzados que são bem interessantes como o musical “Mágico de Oz” – oferecido às crianças do GRAAC. A ideia é fazer com que esse momento de interação faça parte da vida das crianças e dos artistas.

Que estratégia define os melhores projetos?
Não é fácil escolher. Mas temos um olhar criterioso sobre o que determinado projeto pode trazer. Procuramos ser identificados como uma empresa que olha para os valores nacionais e visa promover a cultura do Brasil. E o nosso país carece de bons projetos.  Qualquer projeto  cultural pode se inscrever através do nosso website. Daí pra frente existe um processo de escolha que avalia se o conteúdo valoriza nosso público. Contamos também com o grupo Bonsucesso, nosso parceiro, que nos auxilia a escolher os melhores.

E a comunicação dos produtos?
Não focamos em produto, mas sim, na marca institucional – que é percebida também pelo nosso público interno e seus familiares. Todo profissional da Apsen é importante e faz parte de todo processo.

Por que a opção pelos musicais?
O gênero cresceu muito no país. O Brasil virou um celeiro de grandes musicais como o do Tim Maia, Elis Regina, Chico Buarque, enfim, diversos talentos da nossa música. A Apsen está há 45 anos no mercado, é uma empresa familiar que tem uma história de sucesso. E vamos continuar incentivando nossa cultura.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo