Cadê você?

Por fabiosaraiva

20140211_SP14_ColunaAs marcas procuram pelos consumidores onde quer que eles estejam. Os anunciantes precisam saber exatamente onde o público está e levar sua mensagem publicitária. Fabiana Manfredi, diretora de mídia da agência DM9DDB, revela como encontrar os consumidores que as marcas tanto procuram.

 

Como as marcas identificam seus consumidores?

Aqui na DM9 temos skills específicos de profissionais e utilizamos ferramentas que nos proporcionam maior entendimento do consumidor. Então, desde ferramentas da área de pesquisa de mídia, da área de digital que temos na agência, que a gente desenvolveu uma área específica para tirar insights. Isso ajuda muito a analisar o comportamento das pessoas no ambiente digital, principalmente nas redes sociais. Os buscadores também são grandes fontes de informação para gerar ideias sobre os consumidores.

 

E na hora de optar pelo meio mais eficiente para levar a mensagem?

Tem várias formas e hoje existem muitas ferramentas que nos ajudam. Além disso, acumulamos aprendizados que a gente tem das categorias dos clientes e do mercado para definir qual é o melhor meio. Percebemos que as agências terão que se reorganizar totalmente, porque se tivermos uma campanha com vários targets, comportamentos diferentes dentro daquele mesmo meio, são mensagens diferentes, com peças diferentes e criações diferentes. Acreditamos que essa realidade irá mudar até o timing de produção.

 

As informações públicas de consumo online ajudam?

Nós temos uma área com profissionais exclusivos e dedicados para analisar os consumidores através da análise do comportamento das pessoas nos ambientes digitais, seja nas redes sociais, nas buscas, em comportamento de navegação na web. Conseguimos identificar e traçar o perfil de comportamento e isso enriquece o estudo do nosso público alvo. Porque esses estudos trazem comportamento real das pessoas. E as redes sociais e internet como um todo refletem  este comportamento. Criamos uma área agregada a pesquisa de mídia para estudar o comportamento das pessoas, que vai servir de insumo não só para a mídia, mas também para o planejamento, criação, atendimento e para o cliente.

 

É possível acompanhar o consumo de um produto?

A maneira mais fácil é através dessa análise das redes sociais. Lá que eles estão falando da percepção do produto. Se estão engajados com o conteúdo e reverberando (positiva ou negativamente) uma determinada experiência.

 

João Faria é jornalista e sócio-diretor da Agência Cidadã. João Faria escreve no Metro São Paulo.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo