A decisão na Indy será sensacional!

Por fabiosaraiva

helio-castronevesOi pessoal, tudo bem? Estou em casa já fazendo as malas novamente. Apesar de ter voltado ontem de Mid-Ohio e de não haver corrida programada, vou amanhã para a Califórnia cumprir uma vasta agenda e treinar no circuito misto de Sonoma.

As etapas finais da Indy vão ocorrer em três finais de semana consecutivos. No domingo, 17 de agosto, a gente corre no oval de Milwaukee, em Wisconsin. No seguinte, 24, o desafio será em Sonoma, onde eu treino esta semana, com a realização da 17ª e penúltima etapa. Seis dias depois, no sabadão 30, a final será no oval de Fontana, na Califórnia.

A categoria está chegando nessa fase final embolada. No meu caso, a situação poderia estar melhor, mas os problemas em Mid-Ohio não impediram que as minhas possibilidades de ser campeão continuassem boas. Eu cheguei para a corrida com 13 pontos de vantagem para o vice-líder, o meu companheiro de Team Penske, o Will Power. Como o acerto que a gente tinha não estava muito bom para lutar pela pole position e o tempo era muito curto para tentar algumas alternativas radicais, o trabalho foi no sentido de ter um carro bom para acorrida.

Eu tinha tanta certeza de que na corrida a gente viria bem, que o aborrecimento por ter conseguido somente o 15º lugar para a largada não foi tão grande assim. Só que o Castroneves aqui não tinha ideia do problemão que apareceria no domingo. Assim que veio a ordem de ligar os motores, percebi que tinha algo errado. O motor demorou a pegar e eu fui um dos últimos a sair para a volta de apresentação. Só que o carro estava tão mal que naquela volta mesmo tive de retornar para os pits.

Assim, enquanto o pessoal começava a prova, eu estava parado com os meus mecânicos. Até descobrir  que o problema era no gerenciamento de combustível, acabei perdendo quatro voltas e andei praticamente o tempo todo em 19º, minha colocação final.

Ainda consegui somar 11 pontos e, faltando três corridas e a etapa de Fontana contando em dobro por ser uma disputa de 500 milhas, são 212 pontos na parada. O fato de eu estar quatro pontos atrás do líder não representa muita coisa, apesar de ter caído para 2º no campeonato. Continuo firme e forte na busca do título.

Abração e até a próxima terça!

Helio Castroneves, 39, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 28conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputará em 2014 sua 17ª temporada na categoria e 15ª pelo Team Penske.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo