Todos ligados na Band!

Por fabiosaraiva

helio-castronevesBom dia, galera! Espero que tenham gostado da minha coluna extra de ontem, quando pude manifestar minha satisfação em ver o Brasil nos calendários de 2015 a 2019 da IndyCar, com provas em Brasília. Estou empolgado e temos um ano inteiro para trabalhar com o objetivo de ter tudo 100% em março do ano que vem. O negócio é não perder tempo e reafirmar a capacidade dos brasileiros em promover um grande evento. Foi especial correr por quatro anos em São Paulo e, em Brasília, tenho certeza que a emoção e expectativa serão as mesmas.

Mas hoje o papo é sobre a Firestone Grand Prix of St. Petersburg, prova de abertura do 2014 Verizon IndyCar Series no domingo na Flórida. Minhas lembranças aqui são as melhores. Tenho três vitórias (2006, 2007 e 2012), cheguei em 2º duas vezes (2008 e 2013) e assinalei a pole em 2007.

Claro que, também pelo retrospecto, gosto de St. Petersburg. Mas a gente não pode esquecer que se trata de um circuito de rua, que precisa ser montado todo ano. Não é incomum haver mudanças nas referências e no setup básico. Some-se a isso o fato de a gente estar sempre trabalhando no desenvolvimento (carro, motor e pneus). Então, não é exagero dizer que todos praticamente partem do zero.

Além de o lugar ser lindo, há um clima gostoso por ser a abertura. No caso da Penske, será marcada pela estreia do Juan Pablo Montoya, que fará a sua primeira corrida com a gente. E na pré-temporada os resultados foram muito bons.

Seria uma modéstia falsa não incluir o Team Penske – e consequente o Will Power, Juan Pablo e a mim – entre os favoritos. Mas a briga será boa não apenas porque a Ganassi, como sempre, está forte, mas também porque há outras forças. Andretti, KV e Rahal estão em ótimo momento e há também as vitórias recentes da Dale Coyne e Foyt.

Por tudo isso, tenho certeza que será um campeonato animado, com muita gente disputando as melhores posições. E o amigo do Metro e da Fórmula Indy verá tudo isso pelo Grupo Bandeirantes. Então, tudo mundo ligado na Band/Band Sports/Portal da Band domingo, a partir das 16h30 (horário brasileiro), para o inicio da minha 17ª temporada na IndyCar e 15º na Penske. Vamos que vamos!

Helio Castroneves, 38, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 27 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputará em 2014 sua 17ª temporada na categoria e 15ª pelo Team Penske.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo