E vamos testar!

Por fabiosaraiva

helio-castronevesA minha coluna dessa semana está sendo feita de maneira diferente. É que normalmente eu mando na segunda, mais ou menos lá pelas 18h aí do Brasil, a tempo de sair na nesta edição de terça-feira que vocês têm em mãos agora. Faço assim para poder contar de forma atualizada o que está rolando por aqui em termos de Fórmula Indy.

Só que hoje a coisa está diferente porque estou escrevendo no domingo, mas especificamente no avião que está me levando de Miami para Los Angeles. Como são cinco horas de voo, tenho tempo para pensar na vida, ler alguma coisa, tirar uma sonequinha e escrever.

É que meu compromisso da segunda é testar com o meu Dallara Chevrolet no oval do Auto Club Speedway, em Fontana, perto de Los Angeles. Então, imaginem vocês, como o fuso é de seis horas, enquanto as coisas estiverem em plena ação em Fontana, ao meio dia, no Brasil já serão 18h.

Por esse motivo, como não quero deixar o meu editor Wilson Dell’Isola nervoso (ele é muito legal e não vou fazer isso com ele – se bem que ele já teve mais cabelo do que tem agora por conta dos meus atrasos), vou falar aqui desse pré-testes.

Mas antes de entrar nesse avião que estou agora, pude fazer uma das coisas que mais gosto, que é festinha de criança. É sempre um barato e dessa vez foi na casa da minha irmã, a Kati, pelo primeiro aniversário do meu sobrinho Benjamin, o irmão do Dudes, filhos do Eduardo.

Quando os primos se reúnem com a Mikaella é aquela festa e se você somar os amiguinhos que também foram, dá para perceber como foi legal. O problema é que adoro doces e o que não faltou foram delícias providenciadas pela minha irmã e pela d. Sandra, minha mãe. Está aí a vantagem de fazer muita atividade física, pois numa hora dessas a gente consegue dar uma abusadinha.

Esse teste de Fontana inaugura uma semana de muita atividade, pois também temos amanhã outra rodada, dessa vez no circuito misto em Sonoma. No mais, amigos, o Team Penske vem se preparando da melhor forma possível e quero aproveitar para agradecer as palavras gentis da Lu Ferreira, que no seu Twiteer, o @fofurasdalu, cumprimentou a gente pela maneira de receber o Montoya no time. Aqui é assim, Lu, na pista um quer ganhar do outro, mas somos amigos e isso ajuda muito o trabalho.

Super abraço a todos e até semana que vem!!!

Helio Castroneves, 38, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 27 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputará em 2014 sua 17ª temporada na categoria e 15ª pelo Team Penske.  


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo