Vamos fugir!?

Por Lara Novelli

Essa é uma boa dica para quer uma fuga rápida para despressurizar de tudo isso. Como acontece todos os anos, a chef Anouk faz o seu Festival de Alcachofra no Donna Pinha, em Santo Antônio do Pinhal, na Serra da Mantiqueira.

Se você gosta de alcachofra, a fuga é certa e certeira. A queridíssima e talentosa Anouk redesenhou o restaurante para atender os protocolos de segurança, e ainda há um lindo espaço ao ar livre no quintalzão do Donna Pinha.

Por lá, de 22 de setembro até meados de novembro, Anouk recebe e brinca com os sentidos dos amigos, clientes, comensais com muitos pratos à base dessa flor tão saborosa, entre alcachofras recheadas com gorgonzola, risoto de arroz negro com alcachofra, truta, cordeiro, mignon, há muitos pratos com a iguaria no cardápio.

Sem falar na sua adega de responsa, drinques bem feitos e sobremesas primorosas. Anouk faz questão de escolher para a sua cozinha produtos locais, tudo fresquinho. É uma festa.

E, sabe do melhor? Anouk é generosa e ensina para quem perguntar os truques para um bom prato com alcachofra. Guarde essas dicas porque são ótimas.

• Na hora de comprar, verifique se as pétalas estão firmes, vistosas, brilhantes e bonitas. Evite as flores murchas.

• Lave em água corrente, corte o talo para que flor fique em pé no prato. Se for rechear, corte também as pontinhas das pétalas.

• Cubra com água na panela de pressão com um limão cortado ao meio, ele servirá para não escurecer a flor e deixar a cor bonita.

• Assim que a panela chiar, desligue, retire o vapor e termine a cocção, se precisar, com a panela aberta.

• Lembre-se de que a alcachofra é uma flor, o cozimento é rápido e o preparo deve ser delicado. E quanto mais fresca estiver, mais rapidamente vai cozinhar.

• Quando o centro na parte de baixo, onde o caule foi cortado, estiver macio, ela estará pronta.

• No meio da alcachofra estão seus pistilos (ou falso espinhos). Como são fibrosos, é melhor tirar para rechear e valorizar o coração da alcachofra, que é a parte de ouro da flor.

• Com as mãos, abra a alcachofra ainda morna e retire os pistilos delicadamente.

Pronto, depois desse processo, a flor está pronta para o preparado da sua melhor forma e receita.

Gente, não cabe uma receita aqui hoje, mas a chef prometeu (e ela cumpre) ensinar uma de suas delícias. Quem quer?


Lara De Novelli é jornalista e cozinheira formada pelo Senac no curso Cozinheiro Chef Internacional, adora um fogão e é um ótimo garfo.
Quando quiser falar comigo, [email protected] ou Instagram: @laradenovelli

Colunas anteriores:
Iogurte grego caseiro? Temos!
Carreteiro, aquele prato mão na roda

Loading...
Revisa el siguiente artículo