8 dicas para ensinar seu filho a dormir só

Por Canguru no Metro

Há crianças que desde cedo, aos 3 ou 4 anos, começam a dormir sozinhas. O mais comum, porém, é que isso só aconteça lá pelos 7 ou 8 anos. “Depende do grau de autoconfiança”, explica a pediatra Patrícia Rezende, do Hospital Prontobaby (RJ).

Diferentes fatores levam os pequenos a pedir a presença de um adulto para pegar no sono. Se você quer que seu filho durma sozinho, tem de ensiná-lo a fazer isso de forma saudável.

Confira as dicas da pediatra:

Crie uma rotina. O ritual ajuda seu filho entender que é hora de se separar dos pais. Siga sempre a mesma sequência. Por exemplo: colocar o pijama, escovar os dentes e ouvir uma história.
Prepare o ambiente. Diminua as luzes e o barulho da casa para criar um clima mais tranquilo, propício ao relaxamento.
Desacelere o ritmo. Não estimule atividades físicas à noite. Ofereça refeições leves e pouco líquido na hora
do jantar.
No quarto dele, não no seu. Se a ideia é que a criança durma sozinha, todo o ritual para que isso aconteça deve
ser realizado no quarto dela.
Ofereça um conforto. Deixar na cama o bichinho preferido, um paninho ou outro objeto especial para criança
é oferecer conforto e segurança (mesmo que ela não seja mais um bebê).
Incentive a autonomia. Ao praticar atividades apropriadas para idade sem a supervisão de um adulto (como
comer sozinha), crianças se tornam menos dependentes e aumentam a tolerância a ficar sozinhas na hora
de dormir.
Não disfarce a separação. Deixe o quarto da criança antes dela dormir, para que ela aprenda a pegar no sono
sem a presença de um adulto. Combine o tempo do “boa noite’’.
Aprenda a lidar com o choro. Deixar uma criança chorando provoca níveis mais altos de cortisol no sangue, o
hormônio do estresse, e pode levar a quadros de ansiedade desde a primeira infância. Se isso acontecer, volte
ao quarto e acalme a criança antes de sair do novamente.

Loading...
Revisa el siguiente artículo