Pai, use a máscara!

Por Ivana Moreira

Um dos médicos mais conhecidos e respeitados do país, o oncologista Drauzio Varella quer a ajuda das crianças para fazer seus pais usarem máscaras. “As crianças têm de usar máscaras porque, ensinando às crianças, nós vamos ensinar aos adultos”, disse ele. O especialista afirma que o momento é de dar grande importância às máscaras, como forma de combate ao avanço do novo coronavírus no país. E envolver os pequenos nesta comunicação pode ser um caminho eficiente.

Necessidade de criar o hábito
“Não foi assim com o cinto de segurança?”, indagou o médico, em entrevista à BBC Brasil. “A criança entrava no carro, puxava o cinto de segurança e olhava para o pai.” Sem graça, os adultos se corrigiam. Ele lembra que o mesmo aconteceu em relação às campanhas antitabagismo. Quando as crianças aprenderam que cigarro matava, passaram a cobrar que os próprios pais parassem de fumar. “A mesma coisa vamos ter de fazer com as máscaras”, defendeu. Drauzio está convencido da gravidade e da extensão que a pandemia terá no Brasil. “Esse vírus vai ficar por muito tempo entre nós”, alerta. O que justifica a necessidade de que as pessoas criem o hábito de só sair de casa usando máscara.

Recomendações para os pequenos
A orientação do Ministério da Saúde é para que crianças maiores de 2 anos usem máscaras caso seja imprescindível sair de casa. Mas os pais devem estar atentos quanto ao tamanho, pois elas só funcionam se estiverem corretamente ajustadas ao rosto. Já crianças menores de 2 anos não devem usar as máscaras caseiras de pano devido ao risco de sufocamento. Neste caso, se for preciso sair, o melhor é transportá-las no carrinho de bebê coberto por um pano – sempre respeitando a distância das outras pessoas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo