O velho e bom Fusca agora é elétrico

Por Pro Coletivo

Fabricado há 73 anos, o Fusca se rendeu à demanda por sustentabilidade dos tempos atuais e se transformou em um modelo 100% elétrico. A novidade foi apresentada no Salão do Automóvel de Frankfurt, em setembro.

A Volkswagen está trabalhando no Fusca elétrico com sua parceira eClassics, empresa alemã responsável pela modernização do motor. Os componentes utilizados para a conversão são todos novos e os mesmos do e-Up!, carro 100% elétrico da montadora.

Proprietários de Fuscas poderão converter seus veículos em carros movidos à energia elétrica. A ideia não é acoplar novos motores elétricos e baterias às correntes de transmissão existentes, mas fazer uma substituição completa. A montadora vai disponibilizar todas as peças para a modificação e a empresa eClassics será responsável pela modernização do motor.

O e-Fusca conta com autonomia de 200 km e pode atingir velocidade máxima de até 150 km/h. É mais rápido que qualquer Fusca original. A VW deve oferecer três formas para adquirir o modelo.

e-fusca Reprodução

Engenheira brasileira transforma seu Fusca em modelo elétrico

No Brasil, Aline Gonçalves Santos, de 32 anos, engenheira eletricista de Vitória, transformou seu próprio Fusca 1972 movido a combustão em um modelo totalmente elétrico. Interessada em sustentabilidade e mobilidade urbana limpa, ela começou a pesquisar e viu que a melhor alternativa seria produzir seu próprio carro. “Os preços dos carros elétricos são inviáveis, na casa dos R$ 200 mil. Decidi comprar um Fusca e iniciar o meu projeto”. Depois de dois anos, muitas pesquisas e a parceria com eletricistas e mecânicos, a engenheira apresentou seu Fusca elétrico no evento Mec Show 2018, em Vitória, recebendo propostas de empresários paraguaios e chineses para o aprimoramento do motor.

De forma independente, esta jovem brasileira saiu na frente das montadoras em busca de um carro sustentável, moderno e tecnológico.

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo