Tarantino x Bruce Lee, a polêmica

Por Omelete

Era “Uma Vez Em… Hollywood”, o novo filme de Quentin Tarantino, estreia amanhã e faz uma homenagem à indústria cinematográfica dos anos 1960 utilizando personalidades históricas como Sharon Tate, Steve McQueen, Roman Polanski e Bruce Lee como personagens.

Entretanto, a participação do astro das artes marciais foi duramente criticada por Shannon Lee, filha do ator, que chegou a afirmar que no longa seu pai “parece um idiota arrogante e cheio de exibicionismo”.

Tarantino afirmou em entrevista que se baseou em relatos de pessoas próximas ao ator: “Bruce Lee era meio que um cara arrogante. Eu não inventei, ouvi ele falar coisas como essas. As pessoas me dizem ‘ele nunca disse que poderia derrotar Muhammad Ali’ e sim, ele disse. E não foi só ele. A primeira biografia dele que li foi “Bruce Lee: The Man Only I Knew”, de Linda Lee, e ela absolutamente disse isso.”

Durante sua participação no filme, Bruce Lee (interpretado por Mike Moh) luta contra Cliff Booth, personagem de Brad Pitt. O embate gerou controvérsia, pois parece irreal que um dublê poderia enfrentá-lo. Entretanto, Tarantino afirmou que “Brad não poderia derrotar Bruce Lee, mas Cliff talvez pudesse. São personagens fictícios. Por exemplo: quem ganharia em uma briga: Bruce Lee ou Drácula? É a mesma pergunta. E eu digo, Cliff poderia derrotá-lo, ele é um personagem fictício.”

omelete Arte / Metro Jornal
Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo