Canguru no Metro: Atraso na fala merece atenção

Por Ivana Moreira

A linguagem é a capacidade que um indivíduo tem de expressar suas ideias, suas vontades, suas emoções. Isso pode ser feito de várias maneiras – com gestos, olhares e sons – desde a mais tenra infância. Mas a fala é a principal ferramenta de comunicação da criança, impulsionando seu desenvolvimento.

A criança está demorando a falar? Não dá para entender nada do que ela diz? Todo atraso merece atenção dos pais – e investigação por especialistas. Entre 6 e 9 meses de vida, um bebê balbucia sílabas repetidas, como “mamama”. Só entre 12 e 18 meses é que surgirão as primeiras palavras. Ao redor dos 2 anos, ela terá um vocabulário com algo entre 50 e 100 palavras, o que permite frases curtas. A partir daí, a velocidade é tão acelerada que os pais mal conseguem acompanhar o desenvolvimento.

“Se as primeiras palavras não se desenvolvem, a fala da criança se torna difícil de entender, e ela costuma ficar agitada, inquieta”, explica a fonoaudióloga Thaís Palazzi. Segundo ela, as causas do atraso podem ser muitas, vão desde problemas auditivos a falta de estímulos adequados ou limitações cognitivas.

Confira as três principais causas de problemas na fala:

  • Problemas auditivos: os sinais mais comuns são não reagir a sons fortes como palmas; não reagir à fala dos pais (quando maior); não atender ao chamado pelo nome ou frases simples; não imitar sons e palavras. “Se as primeiras palavras não se desenvolvem, a fala da criança é difícil de entender, e ela costuma ficar agitada, inquieta”
  • Gagueira: algumas crianças já trazem em seu código genético a tendência para gaguejar e, nesses casos, não recuperam espontaneamente a fala na primeira infância. Precisam ser avaliadas por um fonoaudiólogo para identificar o problema e trata-lo corretamente.
  • Língua presa: os sinais são dificuldade de sucção na amamentação; dificuldade em colocar a língua para fora; ter língua em forma de coração; apresentar fome depois de mamar.

A canguruonline.com.br é uma plataforma de conteúdo sobre primeira infância e prestação de serviços para pais e educadores. A coluna Canguru no Metro é publicada todas as terças-feiras, sempre neste espaço.

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo