Canguru no Metro: Pais controladores e a sexualidade de seus filhos

Por Ivana Moreira

Cada atitude dos pais influencia diretamente a formação da personalidade e características dos filhos. E isso vale também em relação à sexualidade. É o que diz Heloísa Fleury, psicóloga e especialista em sexualidade humano.

“Os pais desejam que os filhos tenham uma vida saudável em todas as áreas, inclusive na sexual, mas nem sempre sabem como ajudar, ou não entendem que mensagens estão carregando por trás de cada fala e ação”, explica.

Segundo a especialista, pais controladores, que cobram que os filhos se comportem sempre de acordo com o padrão determinado por eles, fazem esses filhos se sentirem ameaçados, temerosos de perder o amor dos pais se não atenderem seus desejos. “Geralmente isso se manifesta negativamente nas relações sexuais”, afirma.

“Eles se tornam adultos que precisam sempre atender o desejo do outro com medo de deixarem de ser amados.” Heloísa, que é colaboradora da plataforma de educação parental Phitters, dá cinco dicas de como os pais podem influenciar positivamente na sexualidade dos filhos:

5 lições de educação sexual para os filhos

  • Ainda na gestação, quando os pais descobrem o sexo do bebê, é preciso tomar cuidado com os comentários e as expectativas criadas para aquela criança como menino ou como menina.
  • É preciso abordar o assunto com naturalidade dentro de casa. Estudos feitos em diferentes países mostram que crianças que conversam abertamente com os pais tendem a iniciar a vida sexual mais tarde, tomando decisões mais conscientes na adolescência.
  • É importante, porém, adequar as respostas a cada faixa etária. Cada fase requer um tipo de resposta. É preciso tomar cuidado para que a criança não receba uma informação que ela ainda não tem maturidade para processar.
  • Sexualidade é assunto do dia a dia. Pais não devem marcar data para falar sobre sexo com os filhos. O momento certo é quando o questionamento acontece.
  • Pais podem dizer que vão pesquisar sobre o assunto e ganhar um tempinho para organizar as ideias. Mas não podem é deixar o assunto de lado, sem resposta, na esperança de que a criança esqueça a dúvida.

*A canguruonline.com.br é uma plataforma de conteúdo sobre primeira infância e prestação de serviços para pais e educadores. A coluna Canguru no Metro é publicada todas as terças-feiras, sempre neste espaço.

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo