“Detetive Pikachu foi feito por fãs”, diz brasileiro da produção

Por Omelete

“Pokémon: Detetive Pikachu” tornou-se a maior bilheteria de um filme baseado em videogame e muito disso se deve à história, ao estilo dos Pokémon e como o longa conseguiu equilibrar um cenário realista com o estilo do game. O visual estilizado das cidades contou com a participação de Fellipe Beckman, maranhense que trabalha na MPC, um dos maiores estúdios de VFX do mundo.

“Eu sempre fui fã do desenho e posso dizer que pelo menos 99% da equipe era fã. Sem dúvidas, foi um projeto feito de fãs para fãs”, afirmou em entrevista exclusiva ao Omelete.

Natural de São Luís do Maranhão, o artista começou com 16 anos, quando teve contato com o software 3D. Na época ele não tinha computador e, por isso, ele precisava usar na casa de um amigo.

Beckman trabalhou como Concept Artist e Lead Environment Generalist e foi responsável por muitos dos cenários do filme. Para ele, o mais complicado foi Ryme City e as cenas da floresta. “Tudo pelo fato de ser algo que não existe na vida real e pela complexidade das cenas. Tivemos muitos desafios técnicos e artísticos, mas foi uma ótima experiência. O time deu o melhor de si e o resultado final é o reflexo disso”, completou.

omelete Reprodução
Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo