Os sobreviventes

Por André Machado

Com as recentes modificações no primeiro escalão de Nelson Marchezan Júnior, restou pouco da primeira leva de secretários do prefeito de Porto Alegre. Adriano Naves de Brito (Educação), Luciano Alabarse (Cultura) e Leonardo Busatto (Fazenda) são os que sobram da fotografia do dia da posse. Pode-se incluir nesta lista Ramiro Rosário (Serviços Urbanos), nomeado dias depois. Um detalhe que chama atenção é a perda de espaço do partido do vice. Com a confirmação da saída de Gustavo Paim da Secretaria de Relações Institucionais, não sobrará mais pasta alguma sob o comando do PP.

conflito? Como é desconhecida a existência de conflito entre o titular e vice, o fato desperta, no mínimo, curiosidade. A executiva municipal do Progressistas decidiu fazer pessoalmente a pergunta para Marchezan.

As águas (não) vão rolar. Sempre me chamou atenção o descaso de Porto Alegre com os chafarizes da cidade. Talvez o único em funcionamento seja o da Fonte Talavera, em frente à prefeitura. Os demais, tenho vaga lembrança de um dia funcionarem. Vale para o Chafariz Imperial e o da esplanada da Redenção. Para os que ficavam em frente ao Julinho, na Praça Piratini. Para as fontes de água no largo Glênio Peres, que funcionaram poucas vezes, ou para o que representa os Afluentes do Guaíba, instalado nos jardins do Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos).

Respeitosamente. É bem fraca a consulta pública aberta pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) sobre o transporte por patinetes em Porto Alegre. As perguntas não fogem do já usou, quantas vezes, é caro etc. Tem um campo para sugestões, mas não instiga o que, para mim, é primordial: o uso dos equipamentos nas calçadas. A melhor pergunta é se o local para deixar o patinete deveria ser as esquinas.

frio. As temperaturas, gradualmente, estão baixando. O que você faz ainda com roupas no seu armário que já sabe não usará mais?

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo