Pedal em família

Por Pro Coletivo

Executivo do banco Santander, Vinicios Costa mudou sua vida para melhor quando vendeu o carro e passou a usar a bicicleta como meio de transporte

De uns anos para cá, algumas empresas brasileiras vêm estimulando seus funcionários a adotar modos de transporte mais saudáveis e sustentáveis, como a bicicleta. São as empresas “bike friendly”, que investem em vestiários, aluguel de bicicletas e até ciclovias internas para fazer com que seus colaboradores evitem o carro próprio no dia a dia.

A Bayer, por exemplo, tem 700 metros de ciclovias internas que ligam os seus prédios, bicicletário e vestiários. Ela construiu em 2013 uma ponte para pedestres e ciclistas, unindo o bairro do Socorro, na zona sul de São Paulo, à estação de trem e do metrô. O objetivo foi estimular as pessoas a trocar seus carros por bicicletas ou transporte público.

As vantagens são muitas – tanto para as companhias como para os funcionários. Além da economia financeira, há benefícios na saúde e na qualidade de vida. As empresas podem reduzir os estacionamentos e criar espaços com jardins para convivência das pessoas. Quem passa a pedalar se depara com uma nova cidade, com muito mais vida e alegria ao seu redor.

É o que descobriu o executivo Vinicios Costa, superintendente de Recursos Humanos do Santander Brasil. Há três anos ele vendeu seu carro, comprou uma bike e passou a usá-la em tempo integral. “Foi uma questão de saúde e qualidade de vida, além do desejo de ajudar o meio ambiente”, explica Vinicios ao Pro Coletivo.

Depois de um período morando em Madri, onde teve contato com a mobilidade ativa, ele voltou decidido a mudar de vida. “Naquela época, eu morava longe do trabalho e ficava horas no trânsito”. A mudança para um apartamento próximo do banco e a compra da bicicleta tiveram um impacto positivo não só na saúde do executivo, que era sedentário, mas também na de suas filhas. “Elas vão comigo de bicicleta para a escola e adoram. Minha esposa fica indignada, mas nós saímos mesmo na chuva. Vamos de capa, conversando e curtindo o passeio. Só tem vantagens”, diz Vinicios, que também encontrou no trabalho um estímulo a mais para chegar pedalando. Nas suas três unidades paulistanas, o Santander conta com 300 vagas para bicicletas e um vestiário superequipado: tem sala de alongamento, chuveiros, toalhas e itens de higiene pessoal. O banco estimula programas de caronas e é flexível com horários de trabalho e jornadas home-office, colaborando para melhorar os problemas de mobilidade de uma cidade como São Paulo.

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo