Por que o desfecho de Cersei decepcionou?

Por Omelete

AVISO: CONTÉM SPOILERS

Se tem algo que “Game of Thrones” sempre fez bem foi a morte de vilões. Por isso, muitos fãs consideraram o desfecho de Cersei Lannister anticlimático. No penúltimo episódio, a rainha morre soterrada com o irmão Jaime.

Dos livros, isso acaba com a Teoria do Valonqar, ou Teoria do Irmão Mais Novo. Na série, Cersei recebe de Maggy, a Rã previsão de que morreria pelas mãos do Valonqar, “irmão mais novo” em alto valiriano. Cersei imaginava que seria morta por Tyrion, caçula dos Lannister. Por outro lado, fãs fizeram teorias em que Jaime, gêmeo dela e nascido depois, a mataria.

Além disso, Valonqar significa “irmão mais novo”, mas não necessariamente da pessoa a qual a profecia se refere. Cersei poderia ser morta por Arya, irmã mais nova dos Stark, ainda mais por ela constar na sua lista de alvos.

A expectativa foi nas alturas. Ir contra isso e dar à Cersei um desfecho “comum” pode ser considerado subversão. “Game of Thrones” teria sido mais coesa se tivesse matado Cersei de modo grandioso e difícil de prever.

No fim, há dois públicos afetados: os fãs de Cersei e os que a consideram uma grande vilã. Ao soterrá-la, como poderia ter acontecido com qualquer pessoa, “Game of Thrones” diminui sua importância e entrega cena que não agradou nenhum dos dois.

coluna omelete Reprodução

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo