Coração: cuide dele

Por Edimilson Migowski

As doenças cardiovasculares (infarto e derrame cerebral) são as principais causas de morte no mundo, à frente do câncer e causas externas (morte violenta). Atualmente, estamos assistindo a um declínio lento dessas mortes, fato atribuído ao uso de medicamentos com ação preventiva e, principalmente, pelo controle mais adequado dos fatores de risco.

Embora existam centenas desses de fatores de risco, os mais importantes são  bem conhecidos. Segundo o médico cardiologista dr. Edison Migowski, não há quem não saiba que o fumo, hipertensão arterial, ingestão de sal e gorduras em excesso, falta de exercícios, estresse e obesidade sejam prejudiciais ao coração.

PÍLULAS

Importância dos fatores

Os cardiologistas aprenderam sobre a importância dos fatores de risco observando povos com hábitos diferentes dos nossos. Em 1991, por exemplo, foi publicado um artigo em uma revista médica brasileira sobre pressão alta em índios Yanomami. Nenhum deles tinha elevação da pressão arterial, mesmo os idosos. Quando esses indivíduos deixavam seus costumes de lado e adotavam os costumes das cidades, passavam a ter hipertensão e doenças graves do coração. Vários fatores em conjunto podem explicar a ausência de hipertensão neste grupo, como a baixa ingestão de sódio e gorduras saturadas, alta ingestão de potássio e fibras (alimentos naturais), ausência de obesidade, atividade física regular e ausência do estresse psicossocial.

Dicas               

Portanto, se você quer um coração saudável, siga esses conselhos do cardiologista dr. Edison Migowski: afaste-se do cigarro; caminhe pelo menos 150 minutos por semana; diminua o consumo de alimentos processados preferindo frutas, vegetais, legumes, verduras, nozes, amêndoa, castanha, peixe e carnes magras; mantenha o peso sob controle e procure um equilíbrio emocional fazendo atividades agradáveis. Fique bem, Cuide-se bem e siga o Instagram do @edimilson.migowski.

Loading...
Revisa el siguiente artículo