Vida e Carreira: Potencial X Desempenho

Por Vânia Goulart

Potencial e desempenho são duas palavras que no mundo profissional têm causado muita confusão. Qual a diferença entre elas? Potencial e desempenho podem ser equivalentes? Alguns ainda usam outras palavras como sinônimos, dificultando ainda mais a diferenciação entre os termos. Fazer uma distinção entre elas é complexo, pois são competências que requerem recursos diferentes.

No último texto, falamos sobre a diferença entre as palavras ‘complicado’ e ‘complexo’ – leia, pois lhe ajudará a entender estes novos conceitos.

Potencial, também chamado de talento, pode ser entendido como competências que um indivíduo possui e que são ou não transformadas em desempenho. Essas características ou habilidades podem ainda não ser conhecidas ou reconhecidas pelo próprio indivíduo ou por aqueles que estão à sua volta.

Nesse sentido, o potencial é anterior ao desempenho. No entanto, não é a única fórmula para alcançar um bom desempenho. É possível ter desempenho em uma função por treino de habilidades. Ficou mais confuso?

Habilidade é colocar em prática, pode ser um potencial ou algo que o indivíduo aprende, treina e, assim, desenvolve. Com esforço e tempo, é possível desenvolver toda e qualquer habilidade.

Gosto muito de explicar usando metáforas, sendo assim, irei comparar estas habilidades a um músculo do nosso corpo. Para construir um músculo forte e bem desenvolvido é necessário mais do que um bom personal trainer para lhe descrever o movimento. Quando você possui o personal, recebe o treino a ser realizado e não vai à academia, obviamente, seu músculo ficará parado.

O mesmo ocorre quando um indivíduo faz um curso, aprende uma habilidade, recebe inúmeras instruções, mas, no entanto, não encara a prática. Ou seja, não exercita em seu dia a dia e quer ver esta habilidade se desenvolvendo.

Gosto muito de um ditado zen budista “saber e não fazer é ainda não saber”.

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo