Como um desenho de fã levou um brasileiro a desenhar para a Marvel

Por Omelete

Na última semana a Marvel Comics revelou as capas de “Guerra dos Reinos”, série que está sendo publicada nos EUA, e entre elas estava uma arte assinada pelo brasileiro Victor Hugo.

Este não é o primeiro trabalho do artista com a editora. Victor já havia feito capas para a revista “Jean Grey”, quando a Marvel estampou pela primeira vez desenhos criados por computação gráfica. E tudo começou com um desenho que ele havia feito como fã dos heróis.

Omelete Reprodução: Victor Hugo

 

“O primeiro convite foi feito quando um produtor encontrou umas fanarts minhas inspiradas em trabalhos do [artista] Skottie Young e me perguntou se eu tinha interesse em fazer as Connecting Covers da Jean. Foi um baita desafio e uma experiência MUITO legal, principalmente pela liberdade que eles dão pro artista fazer no próprio estilo. Para mim, era algo inimaginável, já que não se vê capas 3D por aí, principalmente mais estilizadas, como é meu trabalho”, contou ao Omelete.

Anteriormente, Victor já havia participado da produção de “Moana” para a Disney, e agora trabalha em “Guerra dos Reinos” e “Era do X-Man” (Age Of X-Man), nova saga dos mutantes, usando artes suas como capas alternativas.

Sobre quais personagens da editora mais gosta, Victor balança, mas não fica em cima do muro: “Putz, difícil escolher! Mas acho que eu fico entre X-Men e Homem-Aranha!”

“Ele é um ótimo personagem. [Precisava] encontrar algo que equilibrasse minhas qualidades, e que eu amasse e fosse sincero. E é esse papel. Estou feliz
que as pessoas estejam ansiosas”

Sobe: Madonna – Vem disco novo por aí! A artista publicou em seu Instagram um agradecimento após a gravação no estúdio com um coro formado por mulheres portuguesas

Madonna Getty Images

 

Desce: Humanos – A Netflix teve que dar um “recado” às pessoas que estavam elogiando a beleza de Ted Bundy, assassino serial que foi tema de uma série documental

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo