O que as crianças aprendem com os bichos

Por Ivana Moreira

A maior parte das crianças adora animais de estimação. E não faltam estudos apontando os benefícios da relação entre os pequenos e os pets. Com eles, as crianças aprendem a perceber os sentimentos do outro e a ter responsabilidade. Quando bem inserido na rotina, o animalzinho pode se tornar mais um elo de conexão entre pais e filhos. Não por acaso, é crescente o número de brasileiros que têm um bicho de estimação em casa. De acordo com o último levantamento do IBGE, há cerca de 132 milhões de pets no país.

É preciso, no entanto, tomar certos cuidados antes de adotar um pet como membro da família. Segundo a veterinária Tatiana Braganholo, pais precisam estabelecer alguns limites para a segurança dos filhos e dos próprios bichos. “As crianças, principalmente as menores, podem não entender muito bem a fragilidade e a necessidade de respeitar o espaço do pet”, explica. “É importante ensinar que o animal nem sempre está disposto a interagir.” Dependendo do tempo de convivência (sobretudo se a relação for recente) e da personalidade do animal, o contato precisa ser supervisionado.

Antes de levar para a casa

Para famílias que estão pensando em adquirir um animalzinho, Tatiana lista quatro questões que precisam ser consideradas antes de levar um pet para dentro de casa:

  • Confira se a sua criança tem alergia a pelos que, assim como a saliva do animal, podem causar reações.
  • Avalie o animal que melhor se adequa aos hábitos da família.
  • Não esqueça que o pet precisará de atenção, incluindo brincadeiras e passeios externos.
  • Lembre-se de que o animal exigirá cuidados que requerem a supervisão de um adulto. Deixar algumas tarefas para o filho é legal, mas não espere que ele cuide sozinho.

Cão ou gato?

Para quem está na dúvida entre cachorro ou gato, a veterinária dá uma dica. Cães tendem a ser mais agitados e brincalhões, têm mais dificuldade para se adaptar à solidão e são mais indicados para crianças enérgicas e que passam mais tempo em casa. Já os gatos são mais introspectivos e reservados. Crianças mais tranquilas têm mais facilidade para se adaptar aos bichanos.

 

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo