Como me tornar insubstituível?

Por Vânia Goulart

A coluna de hoje é da série “Perguntas do leitor”.

Existe algo insubstituível? Será que tem? Dizem que ninguém é insubstituível, mas analisando essa frase hoje, depois de tanto pensar, entendo que ela se refere apenas a execução de tarefas.

Na verdade, qualquer pessoa pode substituir outra na execução de uma tarefa. Todos os indivíduos podem aprender qualquer coisa e, assim, executá-las de maneira rápida e saudável. No entanto, quando pensamos na unicidade, cada ser humano é individual e único, possui características que o distingue entre os demais e o torna, portanto, insubstituível. Cada um que passa por nossa vida leva parte de nós e deixa uma parte também. São essas relações que nos constroem ou nos destroem.

O rastro que deixamos, os encontros que tivemos e o bem que fazemos nos tornam, também, insubstituíveis. Ninguém pode ser como você! Por isso, o que marca é a saudade que você deixa. Os bens materiais são substituíveis, perdidos ou até redistribuídos. A vida é a vida que a gente leva e não a que compramos.

O leitor me fez a pergunta focado no mundo do trabalho, mas como nossa coluna é sobre Vida e Carreira, achei importante passar, também, por essa primeira dimensão. Além disso, no âmbito da carreira, minha análise não é diferente. O que torna um profissional mais atrativo são as características que também o definem como um ser humano melhor. Atualmente, as informações técnicas sobre as diversas tarefas estão mais disponíveis. O conhecimento formal está acessível e, por isso, a competição profissional está cada vez mais acirrada, uma vez que os currículos são muito próximos.

Hoje nas empresas, as competências mais valorizadas são as soft skills – habilidades de convívio aplicada nas relações, como, por exemplo, a capacidade de se colocar no lugar do outro. Se você possui um currículo impecável, mas não sabe acessá-lo para favorecer a sua equipe, ele pouco irá te favorecer na permanência no mercado de trabalho. Um bom currículo lhe abre as portas para oportunidades profissionais, mas não te sustenta para o crescimento.

Para concluir, trace um caminho conectando-se às pessoas e propiciando benefícios para todos que estão à sua volta. O mundo está precisando de mais conexões reais e saudáveis. Deixe saudade e escreva sua história!

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo