Ação trabalhista faz 1º bilionário ‘de esquerda’

Por Cláudio Humberto

Advogado que patrocinou a ação em que a Petrobras foi condenada a pagar R$ 15 bilhões a funcionários, Cezar Britto deve faturar de 10% a 30% da bolada, a título de “honorários”, conforme estipula a Ordem dos Advogados do Brasil, que ele presidiu. Britto é crítico da modernização da legislação trabalhista. Compreende-se: em poucos meses, a reforma reduziu à metade as ações trabalhistas que estão na origem de muitas fortunas no País. O advogado não retornou as nossas ligações.

Uma decisão Top 10

Um dos primeiros bilionários “de esquerda” no mundo, Britto pode faturar até R$ 4,5 bilhões, assumindo 10º lugar entre os mais ricos.

Mais que os americanos

Só esta ação trabalhista subtrai da Petrobras mais que os R$ 12 bilhões da indenização judicial aos investidores da estatal, nos Estados Unidos.

Vai sobrar para nós

A derrota da Petrobras no TST pode levar ao aumento de alíquotas de impostos, retirar os R$15 bilhões dos bolsos dos brasileiros.

Não há quem aguente

Quando tomou conhecimento da decisão do TST, um ministro da área econômica não se conteve: “Eles ainda vão quebrar a Petrobras”.

Derrotas da defesa de  Lula já incomodam o PT

Dirigentes do PT já se queixam da impressionante coleção de derrotas da defesa de Lula, à qual se somou a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), há dias, que negou o encaminhamento de recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo suspensão da prisão do ex-presidente. O julgamento estava marcado para esta terça (26), mas, como esta coluna antecipou, poderia nem mesmo ocorrer.

Estratégia questionada

A cúpula petista já não tem esperança de ver o líder fora da cadeia, e questionam a estratégia adotada pela defesa.

Palanque não é tribunal

Petistas criticam os advogados de Lula, acusando-os de fazer “defesa política”, pelos jornais, quando deveriam ter priorizado os autos.

Confiança do cliente

A quem o visita, Lula tem dito que confia na defesa, especialmente no compadre e advogado Roberto Teixeira, sogro de Cristiano Zanin.

Primeiro de uma série

A delação “do fim do mundo” de Antônio Palocci é a primeira desde a decisão do STF, semana passada, que autorizou a Polícia Federal a estabelecer esse tipo de acordo. Ganha a verdade.

Nome aos bois

O Senado pode votar nesta semana o projeto que obriga a divulgação dos nomes dos beneficiados por renúncias fiscais. A ideia é incluir uma emenda para limitar a publicação a empresas e excluir pessoas físicas.

Prejuízo trilionário

Isenções fiscais da Lei 13.586 para petrolíferas estrangeiras farão o Brasil perder mais de R$1 trilhão em arrecadação, diz a senadora Fátima Bezerra (RN) com base em estudos que encomendou.

Triste história se repete

Os “abrigos” de Donald Trump para confinar imigrantes lembram os campos de concentração que americanos chamavam de “internment”, no início da II Guerra. Após o ataque nipônico a Pearl Habor, foram ali aprisionados 120 mil japoneses, a maioria nascida nos Estados Unidos.

Discurso e ação

Lula definiu do cárcere que o PT vai manter seu nome como candidato a presidente, mas apenas no discurso. Após o fim do prazo para registrar candidaturas o candidato petista será Fernando Haddad.

Novo trem-bala

Políticos mineiros agora querem desenvolver um “veículo-cápsula” para levar cargas dentro de um tubo. Apesar de estimarem R$ 26 milhões de investimentos, metade públicos, não há prazo para concluir o projeto.

Estrutura, tem

O Brasil fracassa há três anos na vacinação contra gripe, mas tem uma estrutura que impressiona. São mais de 36 mil salas no País administrando vacinas, soros e imunoglobulinas. Tudo de graça.

Colapso logístico

Estudo da Fundação Dom Cabral chegou a conclusão preocupante sobre a logística de cargas no Brasil. Com crescimento da demanda previsto de 40% até 2035, sem investimentos, haverá colapso no setor.

Pensando bem…

…esta semana só não vai acabar mais cedo no Congresso porque tem jogo da Seleção.

claudio humberto arte / metro Jornal
Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo