TCU mexe no vespeiro da Anac com empresas

Por Cláudio Humberto

Auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), iniciada nesta segunda (18), para checar a cobrança de malas em viagens aéreas, deverá investigar o que esteve por trás dessa decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), conhecida pelas resoluções camaradas para as empresas do setor. Para acabar a gratuidade, a Anac prometeu redução nos preços das passagens. Lorota.

Isso já se sabe

A auditoria vai verificar, por 90 dias, o que todos já sabem, apesar dos números-mandrake da empresas: as passagens subiram de preço.

Outra lorota

A Anac tem dito que a cobrança de malas torna o Brasil atraente às empresas estrangeiras. Só que estas estão proibidas de atuar no país.

Objetivo é o lucro

Malandramente, ao instituir a cobrança de malas, a Anac começou pela parte que dá lucro às empresas aéreas “nacionais”.

Relator à espera

Instaurada a pedido do ministro Vital do Rêgo, a auditoria na Anac será relatada pelo rigoroso ministro Bruno Dantas, quando for concluída.

Temer se deixa usar pelo lobby contra venda direta

A presença do presidente Michel Temer, em jantar na casa de Rubens Ometto, “rei das distribuidoras de combustíveis”, dias atrás, em São Paulo, tem sido criticada por parlamentares e produtores que lutam para libertar o etanol brasileiro das garras das empresas acusadas de atuar como atravessadores. Desde 2009, estranha resolução da Agência Nacional do Petróleo (ANP), atribuída ao forte lobby dos atravessadores, proíbe o produtor de vender o etanol aos postos.

Passeio fraudulento

Hoje, o etanol “passeia” até uma distribuidora, onde se troca a nota fiscal para o produto ir para o posto, no mínimo, pelo dobro do preço.

Nada o recomenda

Além de desnecessário, o “passeio” encarece o etanol, desperdiça diesel, polui a atmosfera e ainda ajuda a congestionar o trânsito.

Até pré-sal já tem venda direta

Michel Temer sancionou ontem a lei que autoriza a estatal (sim, ela existe) Pré-Sal Petróleo (PPSA) a vender petróleo, gás etc diretamente.

Que ambiente…

Atraído para jantar, sexta (15), em São Paulo, o anfitrião fez o presidente Michel Temer ficar cara a cara com vários banqueiros investigados, tipo André Esteves, do banco BTG Pactual.

A gente (sempre) paga mais

A gasolina é vendida hoje nos postos de Nova York pelo equivalente a R$ 2,94 o litro (US$ 2,97 o galão de 3.78 litros), 35% a menos que no Brasil. Lá, como aqui, o preço obedece os tais “preços internacionais”.

Crimes partidários

Ex-presidente do PT, Rui Falcão é do tipo que finge não perceber a realidade: disse ao juiz Sérgio Moro, tentando defender Lula, que “não era prática do PT cometer ilícitos”. Já foram presos e condenados no mensalão e na Lava Jato três presidentes e três tesoureiros do PT.

Olho na Rússia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, marcou para o período da manhã as sessões deliberativas da semana, à exceção da sexta. Em dia de jogo do Brasil até a tradicional sessão de debates foi cancelada.

Agora não precisa mais

O presidente do PDT, Carlos Lupi, acha que Ciro Gomes “não precisa do mercado” para se eleger sucessor de Temer. Até porque, faltou dizer, vai ter grana preta do fundo eleitoral para bancar a campanha.

ANS: paixão sem limites

Além da CPI, as relações da ANS com planos de saúde precisam ser resolvidas no divã. A “agência reguladora” está sempre a postos para recorrer de decisões judiciais contrárias aos interesses das operadoras, que, faturando R$ 180 bilhões por ano no Brasil, têm muitos advogados.

A Câmara vai à guerra

A Câmara torrou mais de R$ 1,5 milhão sem licitação entre janeiro e maio de 2018, para adquirir 29 mil munições .40 de treinamento e 1,5 mil cartuchos calibre 12 de alto impacto e do tipo “knock down”.

O negócio é dar risada

Segundo levantamento da FGV/DAPP sobre o uso do Twitter no Brasil, em 54,45% dos perfis engajados no debate a maior parte do debate é feita por tuítes que falam sobre política por meio de piadas e memes.

Pensando bem…

…falta no gol da Suíça não foi o empurrãozinho em Miranda, mas falta de um bom goleiro que afastasse a bola da pequena área.

arte claudio humberto Arte / Metro Jornal
Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo