Medicina do Estilo de Vida

Segundo a drª Silvia Lagrotta, o termo Medicina de Estilo de Vida, do inglês “Lifestyle Medicine”, faz referência a uma prática clínica multiprofissional que visa à promoção e manutenção de hábitos de vida saudáveis, trata a causa de doenças  e, consequentemente, reduz as doenças crônicas não transmissíveis, principalmente as cardiovasculares, diabetes, doença pulmonar crônica e diferentes tipos de câncer. É uma prática clínica utilizada por diversos profissionais da área da saúde. Esse método é o definido como Medicina de Estilo de Vida.

Pílulas

Qual sua importância?                    

Uma vida com ausência de atividades físicas, alimentação desordenada e com consumo de tabaco e álcool excessivo pode ser marcada pelo surgimento de diversas doenças induzidas por estes fatores, dentre as quais podemos destacar: doenças do fígado, obesidade, doenças do sono, câncer, diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Estresse e medicação              

Não existe um tratamento medicamentoso, “caseiro” ou uma receita “natural” que seja eficaz em todas as pessoas. Cada indivíduo desenvolve uma resposta única ao estresse. A gestão do estresse passa por controlar uma série de situações: tomar conta de pensamentos, das emoções, da agenda, do ambiente, bem como da forma como lidamos com os problemas.

E a afirmação de que o uso indiscriminado de medicamentos aumenta o risco de desenvolver doenças crônicas não transmissíveis, é mito ou verdade? Para descobrir, não perca o programa “Fique Bem”. É no sábado, às 11h30, na TV Band. E siga o instagram  @fiquebemoficial. Fique bem, cuide-se bem!