Prepare-se para adolescência

Quando os filhos são pequenos, os pais se preocupam em dar atenção a eles. Buscam informações e costumam participar ativamente de fóruns para entender desde as coisas mais corriqueiras até atitudes do comportamento, como choro e birra. “Mas o tempo vai passando, os filhos vão mudando e os pais vão se cansando ou automatizando a educação”, diz Jacqueline Vilela, coach de adolescentes.  “É como se toda a carga da educação fosse concentrada na fase das descobertas iniciais, do nascimento aos primeiros anos de vida, e todo o resto viesse de modo automático.” Não se preparar para a adolescência dos filhos, é um erro grave.

Jacqueline Vilela Jacqueline Vilela / Divulgação

A hora certa de intervir

Segundo a especialista, falta um trabalho preventivo por parte dos pais para lidar com essa fase delicada dos filhos. De modo geral, as famílias só procuram ajuda quando já existem problemas sérios instalados, como o uso de drogas, a gravidez precoce ou a depressão. “Os pais que me procuram já chegam com culpa por tudo, por não terem percebido os sinais, por não terem sido presentes, pela rigidez, ou por soltar demais, sem saberem o que fazer.” Se você está com um filho ou filha entrando na pré-adolescência, saiba que este é o momento para ajustar (ou começar) a educação emocional do seu filho.

Mudar o olhar é a solução

De acordo com Jacqueline, os pais precisam desconstruir a visão de que a adolescência é uma fase de crise e abolir rótulos como “aborrescente”, intolerante, irresponsável, rebelde. Porque esses rótulos não vão ajudar em nada. Pelo contrário. Mais do que mandar, os pais vão precisar se tornar mestres em influenciar, em exercer mais a autoridade do que o autoritarismo. Será preciso encontrar novos modos de chegar ao coração do filho adolescente, que continua precisando muito dos pais (embora não admita) para lidar com as próprias instabilidades emocionais. Como ajudar pais de adolescentes é um dos temas que serão discutidos no  Parenting Coaching Meeting, que acontecerá nos dias 9 e 10 de junho, em Guarulhos.  Mais informações no www.parentcoachingbrasil.com.br.