Mantido

Apesar do decreto assinado ontem pelo prefeito Jonas Donizette (PSB (veja texto acima), o vereador Marcos Bernardelli (PSDB) disse ontem que será mantido o projeto que vem sendo elaborado por uma comissão especial da Câmara, que vai prever ações para atendimento à população de rua. “O decreto só mostra que estávamos no caminho certo”, disse ele. O vereador Luis Carlos Rossini (PV) também assina o projeto.

Cármino

O secretário de Saúde, Cármino de Souza, esteve ontem na Câmara e admitiu problemas na realização de exames laboratoriais pelas unidades básicas de saúde. O vereador Pedro Tourinho (PT) – que é médico da rede – reclamou. “Exames de urina, por exemplo, simplesmente não estão sendo feito”, disse. Cármino admitiu grande parte do problema. Disse que o nó vem se dando por questões administrativas. “Estamos tendo problemas para fechar as licitações”, explicou, referindo-se ao sistema de compra dos medicamentos.

Posse

O deputado estadual Gustavo Petta (PCdoB) tomou posse ontem à tarde na Assembleia Legislativa. Filiado ao PCdoB há 16 anos, Petta é o 25º comunista a assumir uma cadeira na assembleia e terá como líder de bancada a deputada Leci Brandão.

IPTU

O vereador Marcos Bernardelli (PSDB) falou por 10 minutos sobre decisão judicial que garantiu o aumento do IPTU na cidade. Mas teve de ouvir. O vereador Marcelo Silva (PSD) quer mudar o regimento interno para exigir audiência pública para aprovação de matéria referentes a impostos. Ele diz que a votação foi acelerada demais na Casa. E eu entro de férias e só volta daqui a 15 dias. Até lá!