Seu filho é uma criança resiliente?

Por Ivana Moreira

A resiliência é a capacidade de se adaptar às mudanças, de lidar com problemas e superar obstáculos. Essa característica deixou de ser apenas importante. Segundo especialistas em educação de crianças, ela ter tornou absolutamente necessária nos dias atuais.

Presidente da Parent Coaching Academy, uma organização britânica de apoio a pais, a educadora inglesa Lorraine Thomas virá ao Brasil em maio para falar justamente deste tema – como e por que criar filhos resilientes -, durante o 4º Seminário Internacional de Mães, em São Paulo (www.seminariodemaes.com.br). Segundo ela, crianças resilientes têm seis características únicas, fáceis de identificar:

  • Têm mais confiança em dizer “não”, quando desconfortáveis.
  • Adaptam-se melhor a novas situações.
  • Aumentam seus desafios e se fortalecem por meio deles, pois sentem menos medo de errar.
  • Aprendem a lidar melhor com sentimentos difíceis, como estresse, medo, tristeza e raiva.
  • Tomam ações práticas para resolver problemas.
  • Assumem mais responsabilidades.

Você é uma mãe resiliente?

De acordo com Lorraine Thomas, mães são o modelo mais poderoso paras crianças. “Mães resilientes criam filhos resilientes”, afirma. Por isso é importante que as mães analisem que tipo de mensagem estão enviando a seus filhos. Se estão – ou não – estimulando-os a se tornarem adultos capazes de se adaptar às mudanças, resolver problemas e superar obstáculos.  Confira cinco dicas de Lorraine para as mães que querem se tornar modelos de resiliência para os filhos:

  • Cuidado com as mensagens que você envia sobre sucesso e fracasso.
  • Construa momentos de relaxamento na rotina familiar.
  • Desafie as crenças auto-limitantes com feedback baseado em evidências.
  • Tenha a diversão como ingrediente vital na família.
  • Busque conexão em família – não a perfeição!
Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo