Lula deve ficar preso por dez anos, no mínimo

Por Cláudio Humberto

A estimativa é de magistrados que não atuam no caso e criminalistas, alguns deles com clientela de investigados na Operação Lava Jato: o ex-presidente Lula permanecerá no sistema carcerário pelo prazo mínimo de dez anos. Condenado na primeira sentença a 12 anos e 1 mês de prisão, ele teria direito ao regime semiaberto dentro de dois anos, correspondentes a um sexto da pena. Só que não.

Só aumenta

O problema de Lula é que, réu em outros sete casos, cada nova condenação aumentará o tempo mínimo de permanência na prisão.

Tá feia a coisa

Há estimativas de até um século de prisão, mas se Lula for sentenciado a 60 anos, isso o manterá no presídio por dez anos, um sexto da pena.

Saúde nos trinques

Para ganhar regime domiciliar, a defesa pode alegar questão de saúde, mas o próprio Lula tem propalado que está bem e com vigor de garoto.

Sem foro, mais de 80 parlamentares ‘dançam’

São 23 senadores enrolados na Lava Jato, que respondem a processo e são investigados pela Polícia Federal. Assim como os deputados, eles não precisam deixar os cargos no Congresso para disputar a reeleição. Mas, se não forem reeleitos, perderão de vez o foro privilegiado e seus processos vão para a primeira instância da Justiça, nas mãos de Sérgio Moro. Entre os deputados são mais de 60 os enrolados na Lava Jato.

Calafrios

Caso emblemático, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) é alvo de 18 inquéritos no STF. Sem reeleição, vai à primeira instância.

Tucano na roda

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) também precisa se reeleger neste ano. É outro que, sem mandato, o caso vai à mesa de Sérgio Moro.

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo