Malas prontas

Por Rose Guglielminetti

O presidente da Câmara de Vereadores de Campinas, Rafa Zimbaldi (PP), está de malas prontas para o PSB. A moeda de troca é a legenda para ser candidato a deputado estadual. A mudança já causou mal-estar na bancada do PSB no Legislativo campineiro. Os vereadores torcem o nariz porque a concessão da legenda para um recém-chegado sem levar em conta o desejo dos parlamentares do PSB de também disputarem uma legenda a deputado foi analisado como um desprestígio. “É um desrespeito à bancada”, diz um parlamentar. Dos cinco vereadores do PSB, três deles já tinham dado sinais de que gostariam de serem candidatos: Paulo Galtério, Vinicius Grati e Zé Carlos. Os dois últimos teriam desistido de concorrer às urnas. Zimbaldi só disse que “Não tem nada de concreto”. Já o presidente do PSB de Campinas, Wanderlei de Almeida, que também é secretário de Relações Institucionais da Prefeitura de Campinas, disse que não pode negar que teve essa conversa (de mudança de partido) com Rafa, mas que “essa decisão não está tomada”. Ele, porém, acrescentou que seria “uma alegria a vinda dele. Foi presidente (da Câmara) duas vezes e vereador mais votado.”

Licença

O vereador Rubens Gás (PSC) pediu licença da Câmara de Vereadores por 30 dias. No seu lugar vai entrar Cláudio da Farmácia (PSC). A justificativa ao afastamento foi “motivos particulares”. 

Camprev

O vereador Pedro Tourinho (PT) organiza hoje, às 19h30, na Câmara um debate alternativo do projeto que altera o Camprev – Instituto de Previdência dos Servidores. A proposta cria um teto do INSS para aposentadoria de futuros servidores, entre outas mudanças.

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo