Despencam as ações trabalhistas. Isto é ótimo

Por Cláudio Humberto

Despencou de 571 mil para 295 mil o número de ações trabalhistas no primeiro trimestre de 2018 em relação ao mesmo período de 2017, mostrando que a reforma trabalhista, em vigor desde novembro, retira do Brasil o vergonhoso recorde de 98% das reclamações do gênero no mundo. Mais que isso, criou um ambiente propício ao acordo, abalando o lucrativo negócio de estimular a luta de classes entre brasileiros.

Indústria maldita

Queixam-se da redução de ações advogados e os que gravitam sobre a Justiça do Trabalho, que ganham muito dinheiro com a discórdia.

Custo benefício baixo

A Justiça do Trabalho custou R$ 21,2 bilhões em 2017 para gerar cerca de R$ 8,5 bilhões em indenizações.

Pensando duas vezes…

Pedidos de indenização por “dano moral” ou adicional de insalubridade e periculosidade também caíram. Mas a razão é outra.

…ou vai doer no bolso

Agora, pela nova lei, se o pedido de indenização é improcedente, o autor paga os honorários dos advogados da empresa processada.

Pendurado na brocha

O PT está com vergonha de aceitar a filiação do deputado Waldir Maranhão (MA), ex-vice-presidente da Câmara que engoliu corda do governador Flávio Dino (PCdoB) e anulou o impeachment de Dilma.

Agora não serve mais

Waldir Maranhão também foi na conversa de Lula, que lhe prometeu a candidatura do PT ao Senado. Gleisi Hoffmann define nesta terça (3) se aceita a filiação. Agora, o que prestou serviço ao PT, não serve mais

Justiça Federal tira satélite do controle americano

A Justiça Federal tornou ainda mais severa a decisão da Justiça estadual do Amazonas que proíbe a estatal Telebrás de entregar graciosamente 100% do controle e operação do satélite a empresa dos Estados Unidos. Além de violar os interesses nacional, na opinião da juíza Jaiza Pinto Fraxe, da 1ª Vara Federal Cível do Amazonas, Telebrás viola a lei de licitações, dando o satélite aos americanos.

Perdeu, Kassab

O caso foi parar na Justiça Federal a pedido da Advocacia Geral da União (AGU), que o retirou da Justiça Estadual. Foi pior.

De pai para filho

A empresa americana só teria de pagar US$ 5 milhões à Telebrás para explorar o SGDC, satélite que custou R$ 2,8 bilhões ao Brasil.

Contrato suspenso

A decisão da Justiça Federal, que impôs multa diária de R$ 100 mil à Telebrás, suspende o contrato com a empresa americana Viasat.

Números golpistas

A patrulha de adoradores de ladrões condenados na Lava Jato vê “golpe” no levantamento mostrando que desde 2016 a ministra Rosa Weber negou habeas corpus semelhantes a 57 de 58 réus, como Lula.

5.048 juízes e promotores contra

O Fórum Nacional de Juízes Criminais (Fonajuc) entregou nota técnica ao STF em apoio à execução da prisão após condenação em 2º grau. Inicialmente tinha quase mil assinaturas. Já atingiu 5.048.

Ninguém tasca

Repercutiu bem entre políticos a opção do ex-presidente da ANTT Jorge Bastos para o cargo de ministro de Minas e Energia. Mas o grupo do atual ministro Fernando Filho quer se manter mandando no pedaço.

Passando a bola

O ex-ministro dos Transportes Maurício Quintella diz ter sido de um “grupo moderador” de senadores a indicação de Daniel Maciel Silva à vaga de Adalberto Tokarski na direção da Antaq, “agência reguladora” de transportes aquaviários. Tokarski incomodava apontando malfeitos.

Prévias no PV

O Partido Verde (PV) vai realizar prévias para determinar quem será seu candidato a Presidência da República. Até o momento o vice-cônsul Celso Nonato e o advogado Hércules Góes estão na disputa.

Prêmio de R$197 mil

Apenas um agente de trânsito do Detran do Distrito Federal recebeu R$ 197.202,67 de salário no mês passado. Justificativa: a “licença prêmio” de R$ 186 mil foi do agente paga no mês de fevereiro.

Pensando bem…

…após substituir a intimação para prestar depoimento por prisão para depor, blindar corrupto condenado, para o STF, seria café pequeno.

ch
Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo