1 criança desaparecida a cada 15 minutos

Por Ivana Moreira

É isso mesmo que você leu: pelo menos uma criança desaparece a cada 15 minutos no Brasil. Falta estatísticas oficiais das secretarias de Segurança Pública, mas esta é a estimativa com a qual trabalha o CFM (Conselho Federal de Medicina). A maior parte das crianças desaparecidas (60,52%) são meninas. Acontece todos os dias – e em todas as classes sociais. Embora a frequência de casos seja maior em áreas carentes, os relatos provam que qualquer família pode ser vítima.

A melhor prevenção

Culturalmente, o Registro de Identidade, documento no qual há digitais, só costuma ser emitido por volta dos 16 anos. E este é um dos entraves nas investigações. Uma criança que nasce em São Paulo pode ser roubada e atravessar o país a bordo de um carro sem grandes barreiras.

Mesmo que a Polícia Rodoviária pare o veículo e peça os documentos de todos, o motorista pode apresentar uma certidão de nascimento de qualquer menor. “Não existe prevenção maior do que a identificação biométrica das crianças”, alerta a promotora Eliane de Lima Pereira, Assessora de Direitos Humanos e Minorias do Ministério Público do Rio de Janeiro.

Dez dicas para os pais

Confira as dicas da Fundação para a Infância e a Adolescência (FIA) para evitar que seu filho engrosse essa dolorosa estatística.

1. Ensine seu filho o nome dele completo e o telefone dos pais/responsáveis.

2. Faça a carteira de identidade dele e o ensine a sempre andar com ela.

3. Coloque pulseiras e etiquetas nas roupas com contatos dos pais.

4. Ensine-o a nunca aceitar presentes ou caronas de estranhos.

5. Nunca deixe criança sozinha, em casa ou na rua, nem sob os cuidados de outra criança ou adolescente.

6. Mostre ao seu filho como buscar ajuda se necessário e fale sobre o 190.

7. Em locais de grande circulação, marque sempre um ponto de encontro.

8. Entenda os riscos da internet e oriente seus filhos sobre medidas de segurança.

9. Oriente seu filho adolescente a andar em grupos de amigos e pessoas de confiança.

10. Conheça os amigos do seu filho e as pessoas com quem ele convive.

Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo