Entenda as cenas pós-créditos de ‘Pantera Negra’

Por Omelete

“Pantera Negra” é um dos filmes mais independentes do Universo Cinematográfico da Marvel, mas não abandona tradições do estúdio, como as cenas pós-créditos. São dois trechos que preparam o público para “Vingadores: Guerra Infinita”.

A primeira cena: acompanhado por Nakia (Lupita Nyong’o), Okoye (Danai Gurira) e Ayo (Florence Kasumba), o rei T’Challa (Chadwick Boseman) faz um discurso na sede da ONU.

O que significa: além de criticar a atual política norte-americana, a cena deixa claro que Wakanda não é mais uma nação secreta. Essa abertura deve mostrar suas consequências já em Guerra Infinita. Além disso, a tecnologia desenvolvida por Shuri (Letitia Wright) será usada pelos heróis, e pode fazê-la assumir o papel de Tony Stark (Robert Downey Jr.) para a nova geração.

A segunda cena: Bucky Barnes (Sebastian Stan) sai de uma tenda ainda sem o braço mecânico (perdido em Guerra Civil) e encontra Shuri, que pergunta: “Como se sente Sargento Barnes?”. Ele pede para ser chamado de Bucky, dando a entender que está completamente recuperado da lavagem cerebral. “Venha, há muitas coisas que você precisa entender”, diz a princesa.

O que significa: a cena explica a ausência de Bucky durante os eventos de “Pantera Negra” e faz a ponte entre “Guerra Civil” e “Vingadores: Guerra Infinita”.

Coluna Omelete 21 de fevereiro de 2018
Contenido Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo